Domingo, 30 Abril 2017  01:00:26

Rosberg vence em Barcelona e diminui vantagem de Hamilton

  • Escrito por  Estadão Conteúdo
Rosberg vence em Barcelona e diminui vantagem de Hamilton (Foto:Emilio Morenatti/AP/Estadão)

Pela quinta vez em cinco provas da temporada 2015 da Fórmula 1, Nico Rosberg subiu ao pódio do GP da Espanha, neste domingo. Depois de dois segundos e dois terceiros lugares, entretanto, o alemão agora ficou no alto do pódio. Sem ser ameaçado em nenhum momento, venceu em Barcelona de ponta a ponta e diminuiu a distância em pontos para seu companheiro de Mercedes, Lewis Hamilton, que chegou em segundo. Vettel terminou em terceiro, repetindo os três integrantes do pódio pela quarta vez no ano - no Bahrein, o alemão da Ferrari foi substituído pelo seu companheiro de equipe Kimi Raikkonen.

De forma geral, a corrida não teve emoções e apenas seis carros completaram na mesma volta que Rosberg. Na comparação com as posições de largada, só Raikkonen e Felipe Massa, entre os primeiros, evoluíram. Eles ganharam as posições que lhes de direito, logo deixando para trás um carro da Red Bull e dois da Toro Rosso.

Massa fez corrida sem brilho e terminou no sexto lugar, duas posições atrás do companheiro Valtteri Bottas. O finlandês agora o passou e é o quinto no Mundial de Pilotos, com 42 pontos a 39. Hamilton lidera com 111 pontos, seguido de Rosberg (91). Os pilotos da Ferrari vêm em seguida, com Vettel à frente de Raikkonen. Felipe Nasr não pontuou, terminando no 12.º lugar.

A CORRIDA - Pole position nas quatro primeiras corridas da temporada, Hamilton saiu em segundo em Barcelona e, já na largada, perdeu o posto para Vettel, que largou em terceiro. Durante boa parte da corrida, lutou para recuperar a posição.

Felipe Massa também largou bem. O brasileiro, que errou na única volta lançada do treino de classificação e só saiu no nono lugar sabia que sua posição real era outra. Na segunda curva, já era o sexto, mas exagerou na agressividade e acabou fora da pista, perdendo todas as posições conquistadas.

Em poucas voltas, já estava novamente no sexto lugar de uma fila indiana que tinha Rosberg, Vettel, Hamilton, Bottas, Raikkonen e Massa. Pastor Maldonado vinha em sétimo quando o suporte da asa traseira quebrou após toque com o companheiro Romain Grosjean. A Sauber manteve o venezuelano na pista, apesar de o carro visivelmente estar desequilibrado. Ele só abandonou na 27.ª volta.

Tentando pontuar pela primeira vez na temporada, Fernando Alonso também não deu sorte. Correndo em casa, o espanhol postergou ao máximo a primeira parada e estava em sétimo quando foi aos boxes pela segunda vez. Os freios, entretanto, não aguentaram e ele passou reto pela equipe. Menos mal que os mecânicos perceberam e pularam para fugir do atropelamento. A McLaren preferiu puxar o carro para dentro do box.

Entre os seis primeiros, a fila teve poucas mudanças de posição, quase todas relativas às estratégias das equipes com relação às paradas no box e à ordem de utilização dos pneus. Mais veloz, Hamilton chegou em Vettel na 20.ª volta, mas só conseguiu assegurar o segundo lugar na 52.ª volta, quando voltou bem à frente do alemão após parada nos boxes.

Na parte final da prova, o atual campeão até era mais rápido que Rosberg, mas não tinha condições de tirar os 20 segundos de distância para o líder nas 14 voltas. Também não corria riscos contra Vettel, que se segurou sem problemas em terceiro.

Outra disputa por posições, só envolvendo Raikkonen. O finlandês da Ferrari chegou a perder o quinto lugar para Felipe Massa, mas recuperou o posto na estratégia de equipe. Depois, colocou em Bottas, companheiro do brasileiro na Williams, na única briga de pista da corrida. Não conseguiu a ultrapassagem.

 

RESULTADO FINAL DO GP DA ESPANHA:

1) Nico Rosberg (ALE/Mercedes) - 1h41min12s555

2) Lewis Hamilton (GBR/Mercedes) - a 17s551 

3) Sebastian Vettel (ALE/Ferrari) - a 45s342

4) Valtteri Bottas (FIN/Williams) - a 59s217

5) Kimi Raikkonen (FIN/Ferrari) - a 1min002

6) Felipe Massa (BRA/Williams) - a 1min21s314 

7) Daniel Ricciardo (AUS/Red Bull) - a 1 volta

8) Romain Grosjean (FRA/Lotus) - a 1 volta

9) Carlos Sainz Jr. (ESP/Toro Rosso) - a 1 volta 

10) Daniil Kvyat (RUS/Red Bull) - a 1 volta 

11) Max Verstappen (HOL/Toro Rosso) - a 1 volta

12) Felipe Nasr (BRA/Sauber) - a 1 volta 

13) Sergio Perez (MEX/Force India) - a 1 volta 

14) Marcus Ericsson (SUE/Sauber) - a 1 volta 

15) Nico Hulkenberg (ALE/Force India) - a 1 volta 

16) Jenson Button (GBR/McLaren) - a 1 volta

17) Will Stevens (GBR/Marussia) - a 3 voltas

18) Roberto Merhi (ESP/Marussia) - a 4 voltas

NÃO COMPLETARAM:

Pastor Maldonado (VEN/Lotus)

Fernando Alonso (ESP/McLaren)

Adicionar comentário

Atenção

• Os comentários devem ser respeitosos e relacionados estritamente ao assunto do post e são de inteira responsabilidade de seus autores.

• Não representam necessariamente a opinião deste jornal.

PUBLICIDADE

Whatsapp
Pantanal Gás
Atlântica

PUBLICIDADE

Jornal 1ª Primeira Página. Todos os direitos reservados.