Comerciantes reclamam de mau cheiro no Centro

23 de agosto de 2014


Lucas Castro

Os comerciantes da baixada do Mercado Municipal “Antonio Massei”, em São Carlos, estão reclamando do mau cheiro na região central da cidade. De acordo com eles, o forte odor vem dos bueiros e do córrego do Gregório, que atravessa o Centro. 

A comerciante Mauricéia Cristina Melo Soares, 48, ressalta que o cheiro é insuportável em algumas horas do dia. “Tem hora que não tem quem aguenta ficar aqui no Centro, o fedor é insuportável, principalmente quando o sol esquenta”, destacou.

Para Elizabete Orias da Costa, 49, até almoçar se torna uma tarefa difícil. “Tem dia que não conseguimos almoçar por aqui, o cheiro atrapalha, e justo nesaa hora é o momento que o sol está mais quente”, disse. 

A situação acaba prejudicando as vendas, pois os comerciantes notam que muitos clientes passam pelas lojas, mas acabam indo embora rapidamente devido ao cheiro. “O cheiro é muito ruim e as pessoas que vem comprar vão embora rápido para não sentir o odor. Por causa disso, deixamos de vender algum produto”, contou Edivaldo Moraes, 50. 

A situação acaba desagradando a população que acha uma falta de respeito com todos. “Não é legal esse cheiro ruim no Centro de uma cidade como São Carlos. Isso é uma situação desagradável para os comerciantes, clientes e para quem vem de outra cidade visitar a nossa”, observou Silvana Simões de Melo, 44.

As pessoas acreditam que o mau cheiro vem do córrego do Gregório e dos bueiros devido à falta de chuva. “Esse fedor é o ano inteiro, mas com a seca se torna pior, não chove para limpar. O rio fica baixo e os bueiros não recebem manutenção necessária”, argumentou Elizabete.

O problema vivenciado diariamente no Centro não é de hoje, segundo os munícipes. “Esse mau cheiro existe faz tempo, não é de hoje que convivemos com isso, faz anos e nunca fizeram nada para resolver”, reclamou Mauricéia. 

Um morador disse ainda que na Rua José Bonifácio o cheiro forte vem dos bueiros. “Perto dos bueiros na Rua José Bonifácio a situação é caótica, o cheiro é forte, e não são bueiros de esgotos, são apenas aqueles em que corre água. O ar está poluído”, notou Antonio Carlos da Silva, 61.

Os comerciantes pedem uma atenção especial às autoridades da cidade e também para que a própria população evite jogar lixo no chão, com isso não poluindo os rios e entupindo os bueiros. “Queremos uma atenção melhor aqui na região da baixada, pedimos para que uma limpeza seja feita nos rios e nos bueiros e quem sabe o fedor diminua. A população também precisa fazer a sua parte e não jogar lixo em qualquer lugar e sim apenas nos lugares corretos, como nas lixeiras”, encerrou Elizabete.

13 recommended
comments icon 0 comentários
bookmark icon

Write a comment...

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *