Domingo, 22 Julho 2018  18:19:19

Colegas elogiam discurso de Cármen Lúcia

A solenidade de abertura do Ano Judiciário contou com uma fala incisiva da presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lúcia, que foi elogiada pelos colegas na defesa do cumprimento das decisões da Justiça. Do outro lado, os chefes do Executivo e do Legislativo preferiram não discursar, deixando o uso da palavra para Cármen, a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, e o presidente da Ordem dos Advogados Claudio Lamachia.

 

Para o ministro Luiz Fux, do STF, o discurso de Cármen foi sobre aquilo que "o Judiciário pretende para efeitos de manter a sua normalidade institucional". "Foi uma mensagem importante de que o respeito à lei, à ordem e à Justiça são as garantias da paz social. Sem respeito a esses três pilares, não há paz social", comentou Fux, que assumirá a presidência do Tribunal Superior Eleitoral no dia 6.

Na avaliação do ministro Marco Aurélio Mello, Cármen cumpriu o seu papel institucional de presidente do STF. "Ela evocou o princípio da legalidade, que se submete a todos. Ou seja, é muito fácil observar o figurino e devemos fazê-lo, principalmente em época de crise."

O corregedor nacional de Justiça, ministro João Otávio de Noronha, por sua vez, disse ao Estado que Cármen fez um "pronunciamento prudente e positivo no sentido de resguardar a autoridade institucional do Judiciário".

 

Antes da sessão, Cármen conversou reservadamente com o presidente Michel Temer. Apesar de decisões recentes da ministra que contrariaram o Palácio do Planalto, o clima entre os dois foi afável, segundo interlocutores. Ao jornal O Estado de S. Paulo, Temer contou que não havia preparado discurso. "Tinha notícias que o presidente da Câmara, do Senado e eu teríamos a palavra. Se os dois falassem, eu falaria. A presidente Cármen Lúcia até insistiu, mas disse que ficaria estranho só eu falar", afirmou o presidente.

Adicionar comentário

Atenção

• Os comentários devem ser respeitosos e relacionados estritamente ao assunto do post e são de inteira responsabilidade de seus autores.

• Não representam necessariamente a opinião deste jornal.

PUBLICIDADE

Atlântica

PUBLICIDADE

Jornal 1ª Primeira Página. Todos os direitos reservados.