Colunistas

Onde, aonde, donde, adonde, quando

• Bookmarks: 1


Falar de parente —“onde” e cia.— é sempre complicado. E , se alguém de fora—“quando”— se intromete, o risco é maior. 

Principalmente para algum leitor mais jovem  e que não saboreou as profundezas do nosso interior , convém esclarecer de onde tirei o “donde” e o “adonde”. São membros mais antigos da família , porém legítimos, com sangue mais próximo da língua-mãe, o latim: (de unde= de onde; “ad unde”= para onde). Portanto, não dá para recusar frases como: “Donde cê veio?”/ “Adonde cê tá indo?”. 

Feito esse esclarecimento, vamos ao “onde “ e ao “aonde”, parentes mais próximos. De acordo com a norma culta, o primeiro se emprega para indicar lugar estático—“Onde você encontrou isso?”, e o segundo para indicar lugar a que se dirige—“Aonde você vai agora?”. No entanto, convém notar que o espírito de economia vai atropelando até os falantes cultos, que não se incomodam de perguntar: “Onde você foi ontem?”. Pode ser que, ao escreverem, corrijam: “Aonde…”, como deve ser . Porém, garantir  a permanência só o tempo dirá. 

A intromissão do “quando” – tempo—acabou sendo boicotada pelo “onde”—lugar. O exemplo que segue foi tirado de um jornal: “Aos 15  minutos de ontem, policiais militares de Araraquara, ao procederem rondas pelo Jardim Iguatemy, avistaram um Pointer cinza, placa de Sorocaba, com três ocupantes em seu interior  que, ao avistarem a viatura, tentaram fugir. No entanto, foram perseguidos e abordados, onde os policiais verificaram que o veículo havia sido roubado…”. A ideia de tempo é predominante; por isso, deve ser usado “quando”. E , reforçando, cito outro exemplo, retirado de uma tese: “Esse trabalho necessitou ser realizado durante todo o ano de 1992, onde nos detivemos  a analisar documentos relativos….”. Também a ideia de tempo é que  justifica o “quando”. 

(*) Professor de português e revisor de textos . [email protected]

 

comments icon0 comentários
bookmark icon

Write a comment...

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *