Domingo, 19 Agosto 2018  18:49:49

São Carlos Clube inaugura Espaço de Brincar “Sérgio Marino Quattrocchi”

  • Escrito por  DA REDAÇÃO

Foi inaugurado na última sexta-feira, no São Carlos Clube, o Espaço de Brincar, batizado com o nome de seu ex-presidente “Sérgio Marino Quattrocchi”.

 

O edifício conta com lactário, fraldário, sanitários infantis e adultos e toda infraestrutura para pais, crianças e acompanhantes. O ambiente lúdico foi preparado para estimular a criança a brincar e manifestar sua criatividade, permitindo o acesso a uma gama de brinquedos educativos e atividades programadas.

O mobiliário e os brinquedos foram projetados e especificados por um escritório que é referência na área de ergonomia infantil. Para completar o espaço voltado para o bem-estar da família, o Parquinho Infantil, em breve, também passará por requalificação e reformulação do layout, com nova proposta de piso e brinquedos mais modernos.

Quem foi Sérgio Quattrocchi

 

O cirurgião-dentista Sérgio Marino Quattrocchi, nasceu em Ibitinga (SP), mas mudou-se para São Carlos em 1960 para cursar a faculdade de Odontologia, pela Unesp de Araraquara, onde também concluiu sua pós-graduação.

 

Foi casado por 48 anos com Nívea Célia, com quem teve três filhos: Paulo Sérgio, Graziela e Clarissa, que lhe deram sete netos.

Tornou-se sócio do São Carlos Clube em 1973, logo após fundar o COE (Centro Odontológico Especializado) com outros sócios.

Foi presidente do Clube no biênio 2011 -2013. Em sua gestão, o ginásio João Marigo Sobrinho, importante patrimônio histórico do clube e da cidade de São Carlos foi totalmente reformado e, defronte dele, a praça das esculturas foi criada. Também pelas mãos dele, as obras para emborrachar a pista de atletismo e a construção da quadra coberta de tênis saíram do papel. Homem visionário e criativo, ajudou a incrementar atividades já consagradas no clube, como a Festa Junina, causou alvoroço ao reproduzir um cassino em um Réveillon na Sede de Campo e até hoje é lembrado por um vulcão instalado ao lado da piscina, que entrou em erupção e cuspiu papel picado no Baile do Hawaii.

 

Mesmo tendo se afastado da presidência para tratamento médico, nunca abandonou planos e projetos. Lutou por anos contra um câncer e faleceu aos 76 anos em julho passado, deixando um legado incontestável não só como associado, mas também como profissional e rotariano. 

Adicionar comentário

Atenção

• Os comentários devem ser respeitosos e relacionados estritamente ao assunto do post e são de inteira responsabilidade de seus autores.

• Não representam necessariamente a opinião deste jornal.

PUBLICIDADE

Atlântica

PUBLICIDADE

Jornal 1ª Primeira Página. Todos os direitos reservados.