Sexta-feira, 25 Maio 2018  03:11:19

Exposição reúne 31 fotos da Economia Solidária

  • Escrito por  DA REDAÇÃO

A Prefeitura de São Carlos, através da Secretaria Municipal de Trabalho, Emprego e Renda, promoveu a abertura da “Exposição de Fotografias da Economia Solidária de São Carlos”. A exposição reune 31 fotos e esteve aberta a visitação pública até ontem, retornando de 19 a 31 de março.

 

Participaram da solenidade de inauguração o secretário de Trabalho, Emprego e Renda, Walcinyr Bragatto, a presidente do Conselho Municipal de Economia Solidária, Digenir Fugazza, a presidente do Fundo Social de Solidariedade, Andreia Rosa, o diretor do Departamento de Apoio à Economia Solidária, José Eduardo de Araújo, os fotógrafos Marinho Andrade e Silvana Silva, coordenadores do projeto e os fotógrafos André Ferreira, Emanu Santos, Carlos Garcia, Dayse Lopes, Elizabete Wenzel, Fabu Dias, Jane Amaral, Daniel Silva, Maria Moraes, Robinson Nascimento, Reiza Lopes, e Sabrina Soriano, além dos membros do Fórum Municipal de Economia Solidária.

As 31 fotos foram feitas por 14 fotógrafos na Praça XV de Novembro com os empreendimentos de Economia Solidária, aos domingos, quando acontece a Feira Permanente de Economia Solidária. Durante a exposição uma das surpresas foi a apresentação do músico saxofonista Sérgio Gargarella que emocionou a todos ao fazer a música ambiente do evento tocando jazz e MPB.

Depois do período de visitação no Paço Municipal, a exposição será itinerante e vai passar pelos mais variados setores da cidade para que as pessoas conheçam, se interessem e venham fazer parte da Economia Solidária como uma nova proposta de vida.

A exposição vai estar também em outros eventos fora de São Carlos como na 13ª edição do Fórum Social Mundial de Economia Solidária que acontece entre os dias 13 e 17 de março, em Salvador, na Bahia, um espaço de diálogo e convergência com estimativa de 60 mil pessoas, de 120 países.

Em São Carlos a Economia Solidária tem sido um movimento estratégico de dinâmica econômica, social, de uma nova relação de trabalho das pessoas com a autogestão, democracia, produção própria de produtos, comercialização, de forma harmônica e respeitosa em relação ao meio ambiente em parceria com a cultura e todos os movimentos de qualidade de vida.

A ideia da exposição vem de encontro a uma perspectiva de crescimento da Economia Solidária, de entendimento, de divulgação, um trabalho realizado há muitos anos que recebeu ênfase especial na gestão do prefeito Airton Garcia.

“Esse trabalho nós queremos crescer sempre, já é positivo e muito forte, São Carlos já é referência nacional em Economia Solidária devido ao empenho e dedicação dos empreendedores sociais. A Feira Permanente de Economia Solidária na Praça da XV, aos domingos, é organizada e realizada com o empenho de muitas pessoas, há também o Fórum e Conselho Municipal funcionando assim como o apoio importante da equipe técnica do Departamento de Apoio à Economia Solidária, do Diretor do Departamento de Apoio à Economia Solidária, José Eduardo de Araújo e servidores da SMTER”, disse o secretário Bragatto.

Bragatto ressaltou, ainda, que os empreendedores trabalham não só pela questão econômica, mas também na promoção de uma nova ideia, nova dinâmica de economia fraterna e responsável. O objetivo é difundir e ampliar esse trabalho.

“Quero parabenizar o trabalho voluntário dos 14 fotógrafos que fizeram os registros da exposição, uma visão artística importante e significativa, uma junção que coloca nossa cidade em destaque e promove a melhoria de qualidade de vida para toda a nossa população”, finalizou Bragatto.

 

Adicionar comentário

Atenção

• Os comentários devem ser respeitosos e relacionados estritamente ao assunto do post e são de inteira responsabilidade de seus autores.

• Não representam necessariamente a opinião deste jornal.

PUBLICIDADE

Atlântica

PUBLICIDADE

Jornal 1ª Primeira Página. Todos os direitos reservados.