Terça-feira, 21 Novembro 2017  13:16:03

Avaliação de impactos

  • Escrito por  Redação

São fundamentais os levantamentos de dados e os estudos sobre “o legado do governo PT” – governo do qual, é bom lembrar, Michel Temer fez parte. Isso é importante para avaliarmos os reais impactos das políticas tão alardeadas pelos defensores do petismo, elogiar o que merece elogio, e acabar com as ilusões e mentiras eleitoreiras. Em outras palavras, colocar as coisas em seus devidos lugares. 

Recentemente, dois são os indícios de que a “Era de Ouro Petista” – da qual Michel Temer fez parte, é sempre bom lembrar – não foi tão dourada assim. Uma delas é o levantamento do Instituto Escolhas, ligado ao Insper, chamado "Quanto Custa Morar Longe", que avalia o Minha Casa, Minha Vida. 

O programa, chamado de 'Minha Casa, Minha Vida, Meu Fim de Mundo' pelo arquiteto Jaime Lerner, foi avaliado e foram computados todos os custos diretos e indiretos das moradias, para governos e moradores. “Os primeiros números comprovam o que os críticos vêm dizendo há anos, mas que a sanha eleitoreira impediu os administradores de ouvir: os governos ditos de esquerda, a partir de 2009, geraram um programa habitacional que agravou os defeitos dos conjuntos populares da ditadura militar. Ao priorizar as metas de número de unidades habitacionais em curto prazo, o poder público reduziu o custo das unidades a um valor que só é possível atingir construindo em locais distantes dos centros urbanos. Em outras palavras, o País empenhou os maiores investimentos em habitação popular das últimas décadas para aumentar o apartheid social e deixar para as décadas futuras custos imensos, tanto para os governos quanto para moradores, seus filhos e netos".

Outro exemplo é o da educação. Recentemente, o petista Humberto Costa, em evento no Congresso, encheu o peito para afirmar que nos governos petistas houve o incremento no orçamento da área em mais de 200%. Ao que o Ministro da Educação, Mendonça Filho, respondeu (a um Humberto Costa completamente esvaziado de sua arrogância): “Houve uma, de fato, uma triplicação do orçamento do Ministério da Educação em 12 anos, senador Humberto Costa. Esse é um fato importante, e para mim consagra a incompetência, pois você triplicar o orçamento e a educação brasileira em 13 anos ficar do jeito que ficou... Essa é a demonstração da incompetência do governo do Partido dos Trabalhadores”. 

É preciso – como o é em todo e qualquer governo – investigar, estudar e divulgar o que de fato foi e não foi feito; o que de fato deu e não deu certo. Precisamos conhecer o terreno em que caminhamos. 

 

Avalie este item
(0 votos)

Adicionar comentário

Atenção

• Os comentários devem ser respeitosos e relacionados estritamente ao assunto do post e são de inteira responsabilidade de seus autores.

• Não representam necessariamente a opinião deste jornal.

PUBLICIDADE

Anacã
Prefeitura Dengue v2
Bogas
Jornal 1ª Primeira Página. Todos os direitos reservados.