Quarta-feira, 22 Novembro 2017  10:39:29

Como explicar?

  • Escrito por  Redação

Ontem foram divulgados os dados do Atlas da Violência com informações referentes ao ano de 2015. O quadro segue estarrecedor. O estudo registra que naquele ano aconteceram 59.080 assassinatos no País “e os pesquisadores consideram que o resultado consolida uma mudança de patamar, em que as mortes violentas permanecem perto dos 60 mil homicídios registrados em 2014”.

Embora tenha havido uma queda de 3,1% em relação ao ano de 2014, em relação ao ano de 2005 houve um aumento de 10,6%. Esse é um dado sobre o qual não veremos os defensores do petismo se gabarem: “Em uma década dos nossos governos o número de assassinatos aumentou mais de 10%”. É mais um dado da incompetência dos governos petistas – do qual Michel Temer fez parte, é sempre bom lembrar. Tomando como base a média anual, cerca de 600 mil pessoas foram mortas no País em dez anos. É um massacre. Nunca o País vivenciou uma violência com essas dimensões. 

Mais de 318 mil jovens foram assassinados no Brasil naqueles anos. Só em 2015 foram 31.264 homicídios de pessoas com idade entre 15 e 29 anos. Como explicar essa situação? Como explicar que em anos em que o crescimento econômico, a melhora do nível de vida das pessoas, o aumento das oportunidades são tão alardeados e comemorados, a violência só fez aumentar? 

Como explicar? Será que de fato aquele crescimento, aquela melhora, aquele aumento alardeados e comemorados de fato aconteceram? Será que aconteceram da forma como os defensores alegam? Será que o aumento da violência de fato está tão ligado à economia? Ou será que mais do que fatores econômico, influenciam o comportamento das pessoas fatores culturais, valores (ou sua falta)? Será que a “cultura do banditismo”, realidade identificada por vários estudiosos, não tem influência alguma sobre esses tristes números? Será que a impunidade, a frouxidão na aplicação de algumas leis também não têm o seu papel? 

A violência é sem a menor sombra de dúvidas um dos principais problemas brasileiros. Ver o Mapa da Violência Mundial é ver o País pintado de vermelho, indicando que somos uma das mais violentas sociedades do planeta. Isso não é normal. É muito importante mantermos isso em mente, uma forma de evitar que nos acostumemos com esses dados tão assustadores. 

Sim: em uma década, 600 mil brasileiros foram assassinados; desses, 318 mil eram jovens. Em São Carlos, somente neste final de semana, duas pessoas foram mortas. É preciso refletir sobre o que estamos perdendo com essa realidade macabra. 

 

Avalie este item
(0 votos)

Adicionar comentário

Atenção

• Os comentários devem ser respeitosos e relacionados estritamente ao assunto do post e são de inteira responsabilidade de seus autores.

• Não representam necessariamente a opinião deste jornal.

PUBLICIDADE

Jornal 1ª Primeira Página. Todos os direitos reservados.