Terça-feira, 21 Novembro 2017  17:27:57

Saber é preciso

  • Escrito por  Redação

O site O Antagonista publicou ontem uma interessante nota afirmando que “muitos deputados estão consultando suas bases eleitorais para decidir o voto sobre o recebimento ou não da primeira denúncia contra Michel Temer, por corrupção passiva”.

Um desses deputados é Jerônimo Goergen, do PP do Rio Grande do Sul, que disparou mensagens aos seus eleitores perguntando como deve votar. “O parlamentar compartilhou com O Antagonista algumas das respostas: "É muito delicado, porque a situação afeta demais nosso dia a dia, e no curto prazo. A gente só sabe o que a imprensa mostra. Acredito que a investigação deixaria as coisas mais claras. O importante seria saber se a investigação teria algum fim ético mesmo ou se não seria tudo apenas uma estratégia política. Se for só uma jogada política, acho que não levaria a nação a lugar algum", disse um deles. 

O outro já é mais explícito: "Ferro nele, deputado! Vote pela admissibilidade. Temer perdeu todas as condições de governabilidade. Se a equipe econômica for mantida, não tenho dúvidas de que um novo governo até as eleições de 2018 faria muito bem ao País."

Outro ainda: "É uma decisão bastante difícil e complexa. O que percebo é que o PT armou com o (Rodrigo) Janot, o (Edson) Fachin e os Batista para derrubar Temer e Aécio, PMDB e PSDB, respectivamente. Eles querem que o Lula volte. Achei a defesa do (Antonio Cláudio) Mariz bastante consistente. O País está, sim, caminhando bem, com índices razoáveis no campo econômico. Isso continuaria com a saída do Temer neste momento?". 

"Ué, é igual à situação da Dilma. Do ponto de vista ético, tem que enquadrar o Temer do mesmo jeito que enquadramos a Dilma. Mas é claro que me preocupam as consequências políticas e econômicas de uma saída dele. Sinceramente, não sei o que seria melhor", um outro fala. 

Em comum, todos têm consciência de que a coisa é grave e grave será se as investigações continuarem e revelarem uma possível terrível verdade. Mas precisamos enfrentá-la, abandonar essa ilha da fantasia que se tornou o Brasil. 

 

Avalie este item
(0 votos)

Adicionar comentário

Atenção

• Os comentários devem ser respeitosos e relacionados estritamente ao assunto do post e são de inteira responsabilidade de seus autores.

• Não representam necessariamente a opinião deste jornal.

PUBLICIDADE

Prefeitura Dengue v3
Jornal 1ª Primeira Página. Todos os direitos reservados.