Segunda-feira, 25 Setembro 2017  20:44:04

Brasil volta a ficar longe do pódio em Grand Prix de Judô

  • Escrito por  Estadão Conteúdo

O judô brasileiro voltou a decepcionar no segundo dia de disputas do Grand Prix de Zagreb, etapa croata do Circuito Mundial da modalidade. Neste sábado, assim como na sexta, nenhum judoca do Brasil chegou ao pódio. Desta vez, todos foram eliminados bem antes da disputa por medalhas.

O resultado mais preocupante foi de Leandro Guilheiro. Dono de duas medalhas em mundiais, ele ficou quase dois anos afastado por lesão. Voltou aos tatames em outubro, mas ainda está longe da antiga forma. Em quatro eventos de nível Grand Prix desde então, só ganhou duas lutas. Em Zagreb, foi eliminado na estreia para Ivaylo Ivanov, da Bulgária.

Na categoria até 73kg, Marcelo Contini ganhou a primeira luta, mas perdeu do francês Pierre Duprat na segunda rodada. Danielle Oliveira (até 63kg) também foi eliminada por uma atleta da França. Afinal, a novata deu azar e estreou contra a líder do ranking mundial Clarisse Agbegnenou, invicta desde fevereiro do ano passado.

O Brasil compete em Zagreb com sua equipe reserva, uma semana depois de os titulares conquistarem 15 medalhas de 18 possíveis no Campeonato Pan-Americano, no Canadá. Quem está na Croácia tem a oportunidade de tentar diminuir a desvantagem no ranking mundial, que vai apontar os convocados do Brasil para os Jogos Olímpicos. Rafael Buzacarini (até 100kg) e Eduardo Bettoni (até 90kg) tentarão fazer isso no domingo.

 

Adicionar comentário

Atenção

• Os comentários devem ser respeitosos e relacionados estritamente ao assunto do post e são de inteira responsabilidade de seus autores.

• Não representam necessariamente a opinião deste jornal.

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Jornal 1ª Primeira Página. Todos os direitos reservados.