Segunda-feira, 25 Setembro 2017  20:46:25

Rosberg reage na chuva, mas Hamilton faz melhor tempo

  • Escrito por  AE
Hamilton anotou 1min17s192, exibindo boa vantagem sobre Rosberg que marcou 1min17s932 Hamilton anotou 1min17s192, exibindo boa vantagem sobre Rosberg que marcou 1min17s932 (Foto:Mercedes/Divulgação)

Apesar da chuva nas ruas de Montecarlo, o alemão Nico Rosberg reagiu no segundo treino livre do GP de Mônaco de Fórmula 1, mas não o suficiente para desbancar o companheiro de Mercedes, Lewis Hamilton. O inglês voltou a dominar ontem e cravou o melhor tempo do dia na segunda sessão livre, em preparação para a corrida de domingo.

Hamilton anotou 1min17s192, exibindo boa vantagem sobre o alemão - Rosberg marcou 1min17s932. No 1º treino do dia, o inglês havia colocado um segundo de vantagem sobre o companheiro, vencedor da prova do ano passado e vitorioso na etapa anterior da atual temporada, na Espanha.

Somente os carros da Ferrari conseguiram se aproximar da Mercedes no esvaziado treino, atrapalhado pela chuva. O alemão Sebastian Vettel foi o terceiro mais rápido, com 1min18s295, seguido de perto pelo finlandês Kimi Raikkonen, com 1min18s543. O russo Daniil Kvyat, da Red Bull, obteve o quinto tempo (1min18s548) e os dois jovens pilotos da Toro Rosso voltaram a surpreender.

O holandês Max Verstappen anotou o sétimo tempo (1min18s782), enquanto que o espanhol Carlos Sainz Jr. foi o sexto melhor da sessão (1min18s659). O também espanhol Fernando Alonso, da McLaren, o alemão Nico Hülkenberg, da Force India, e o francês Romain Grosjean, da Lotus, completaram o Top 10.

A segunda sessão em Mônaco foi marcada pela chuva, que deu poucas oportunidades para as equipes testarem o novo pneu supermacio. O mau tempo começou a atrapalhar os carros a partir do 15.º minuto do treino e só aliviou nos minutos finais da atividade.

Durante boa parte da sessão, nenhum carro esteve na pista. Para se ter uma ideia, o piloto que mais completou voltas no traçado foi Alonso, com apenas 17 giros. Na primeira sessão, o máximo foi de 49 voltas. Por consequência, os pilotos seguem sem conhecer melhor o pneu lançado pela Pirelli especialmente para a prova de Mônaco.

Foi o caso dos carros da Williams, que não conseguiram acompanhar a Ferrari e a Mercedes. O brasileiro Felipe Massa foi apenas o 12.º mais rápido (1min19s560), seguido de perto pelo finlandês Valtteri Bottas, em 13.º (1min19s566). Juntos, eles completaram apenas 27 voltas no circuito de rua de Montecarlo.

O brasileiro Felipe Nasr, da Sauber, voltou a mostrar dificuldades no traçado. Ele caiu uma posição em comparação ao primeiro treino, trocando o 16.º pelo 17.º lugar na tabela de tempos, com 1min20s263, mais de três segundos atrás do líder Hamilton. Seu companheiro, o sueco Marcus Ericsson, nem foi para a pista nesta sessão por conta de problemas técnicos no carro.

Adicionar comentário

Atenção

• Os comentários devem ser respeitosos e relacionados estritamente ao assunto do post e são de inteira responsabilidade de seus autores.

• Não representam necessariamente a opinião deste jornal.

PUBLICIDADE

Anacã
Atlântica
Bogas

PUBLICIDADE

Jornal 1ª Primeira Página. Todos os direitos reservados.