Terça-feira, 21 Novembro 2017  19:10:23

Diretoria do Palmeiras nega 'caça às bruxas'

  • Escrito por  Estadão Conteúdo

A perda do título do Campeonato Paulista para o Santos não deve causar grandes transtornos e mudanças radicais no Palmeiras. Pelo menos, é o que garante o vice-presidente Maurício Galiotte, que antes mesmo da bola rolar na Vila Belmiro, no último domingo já deixava claro que, independente do resultado, a sequência do trabalho seria mantida, pois a visão é que o trabalho está sendo feito exatamente como o esperado.

"O trabalho já está desenhado. O planejamento está pronto e vamos continuar o trabalho, independente do resultado", disse o dirigente, em entrevista à Rádio Bandeirantes.

Ainda segundo Galiotte, o fato da equipe conseguir passar por uma grande reformulação sob o ponto de vista financeiro e técnico e disputar uma decisão após cinco meses de mudanças, é sinal de que as coisas estão sendo realizadas da maneira correta por isso, mexer na estrutura por causa de um resultado pode ser arriscado ou errado.

"Foi um trabalho que começamos novo e fizemos uma reformulação. Para nós, é muito importante enxergar o caminho. Esse é o caminho. Temos indicadores de que estamos administrando da maneira correta. Obviamente, queremos o título, mas, independente dele, isso mostra que acertamos o trabalho", analisou o dirigente, que é o grande favorito para sair como candidato ao cargo de presidente do clube na próxima eleição, já que Paulo Nobre não poderá concorrer.

O Palmeiras não conseguiu sair da Vila Belmiro, no último domingo, com o título estadual, mas deixou a competição com uma boa impressão. A equipe conseguiu mostrar um bom futebol, entrosamento e jogadores que chegaram no início da temporada, mostraram que podem dar certo na sequência do ano.

Financeiramente, o clube também mostra uma situação muito melhor que outrora. Só de bilheteria em jogos no Allianz Parque, foram arrecadados quase R$ 15 milhões, além de ter conseguido patrocínios na camisa que totalizam R$ 50 milhões e o programa de sócio-torcedor Avanti, já é segundo do Brasil em número de sócios e deve gerar ao clube cerca de R$ 25 milhões na temporada.

Ainda lamentando a derrota, mas pensando em um futuro mais alegre, o elenco do Palmeiras ganhou folga nesta segunda-feira e a reapresentação está marcada para acontecer na tarde desta terça-feira, na Academia de Futebol, quando inicia os trabalhos visando a disputa do Campeonato Brasileiro. O Palmeiras estreia sábado, contra o Atlético-MG, no Allianz Parque.

Adicionar comentário

Atenção

• Os comentários devem ser respeitosos e relacionados estritamente ao assunto do post e são de inteira responsabilidade de seus autores.

• Não representam necessariamente a opinião deste jornal.

PUBLICIDADE

Prefeitura Dengue v1
Prefeitura Dengue v3
Atlântica
Bogas

PUBLICIDADE

Jornal 1ª Primeira Página. Todos os direitos reservados.