Quarta-feira, 22 Novembro 2017  14:35:17

Gol de pênalti e Hotton garantem a primeira vitória da Águia

  • Escrito por  Marcos Escrivani
Gol de pênalti e Hotton garantem a primeira vitória da Águia (Foto:Marcos Escrivani)

Foi sofrido, mas o São Carlos conquistou a primeira vitória no Campeonato Paulista da Série B. Graças a um gol de pênalti aos 30 minutos do segundo tempo, convertido por Mário Augusto e a pelo menos 5 defesas sensacionais do jovem goleiro Hotton, o melhor jogador em campo.

A partida realizada na manhã deste domingo, 10, Dia das Mães, no estádio municipal Professor Luís Augusto de Oliveira não foi um primor de técnica, mas valeu pela determinação e empenho dos atletas.

No jogo dos opostos, o São Carlos, do técnico Rafael Guanaes buscava a primeira vitória no campeonato, enquanto que o Olímpia, líder e invicto no grupo 2, dirigido po Nei Silva, primeiro técnico da Águia em 2006, vinha como favorito.

O que se viu no Luisão, que recebeu somente 178 torcedores, foi um jogo disputado, mas pobre tecnicamente.

Com o resultado de 1 a 0, o São Carlos chegou aos 5 pontos, enquanto que o Olímpia permaneceu com os 9, que já tinha antes de cumprir o compromisso deste domingo.

Ao final do jogo, Rafael Guanaes informou que a vitória veio tarde, mas veio e serve como uma injeção de ânimo para a sequência da competição. “A partida não foi brilhante. Mas lutamos e agora com confiança e coragem, vamos buscar novos bons resultados”, disse.

Já o goleiro Hotton não escondia a satisfação. Após as defesas que garantiram a vitória são-carlense ele manteve a humildade e dividiu o bom momento com todos os atletas que estiveram em ação.

“Não adianta ser destaque individual de todos não ajudarem. O importante é que vencemos e todos se empenharam para conquistar os três pontos”, disse o goleiro.

O JOGO - O primeiro tempo entre São Carlos e Olímpia foi sofrível. O time orientado pelo técnico Rafael Guanaes, confuso, não conseguiu produzir uma jogada de perigo e que obrigasse o goleiro Cleriston a uma grande defesa.

Apesar do suposto domínio territorial, quem teve que trabalhar foi o goleiro Hotton que fez três defesas, garantindo o 0 a 0 nos 45 minutos iniciais. Nesta etapa, o futebol foi sofrível.

Na segunda etapa, a entrada de Willian Dias, as novas orientações de Rafael Guanaes e um posicionamento, o São Carlos voltou com mais volume de jogo e passou a dominar o Olímpia.

Até 20 minutos da etapa final o São Carlos criou três boas chances, mas as oportunidades foram desperdiçadas. O domínio continuou e a insistência valeu a pena.

Aos 28 minutos, em um lance confuso dentro da área do Olímpia, o lateral direito Henrique cometeu penalidade máxima assinalada pelo árbitro Cristiano de Lazzari.

O meia Mario Augusto cobrou com violência, aos 30 minutos, e colocou a Águia em vantagem.

Após o gol, o São Carlos optou por garantir o resultado e recuou em demasia e a partir daí o Olímpia passou a ‘gostar do jogo’ e foi para cima e fez com que Hotton voltasse a aparecer e precisou intervir por duas vezes, realizando grandes defesas.

Apesar da insistência, o Olímpia parou em Hotton e o São Carlos, enfim, garantiu a primeira vitória na Série B do Paulista.

Última modificação em Domingo, 10 Maio 2015 17:41

Adicionar comentário

Atenção

• Os comentários devem ser respeitosos e relacionados estritamente ao assunto do post e são de inteira responsabilidade de seus autores.

• Não representam necessariamente a opinião deste jornal.

PUBLICIDADE

Prefeitura Dengue v3
Anacã
Prefeitura Dengue v2
Atlântica

PUBLICIDADE

Jornal 1ª Primeira Página. Todos os direitos reservados.