Sábado, 18 Novembro 2017  08:20:24

Capitão da Nazareno comemora título: “Não poderia ser melhor”

  • Escrito por  Gustavo Curvelo (free-lance)

A campanha da Nazareno na Copa Evangélica de futebol de campo foi impecável. Campeã invicta e com 100% de aproveitamento, a congregação realizou ao todo seis jogos durante a competição, marcando 21 gols e sofrendo apenas um e obtendo o prêmio de melhor defesa e melhor ataque. Além disso, Paulo Romero ainda acabou como artilheiro, com seis gols.

Dentro de campo, a liderança ficou por conta de Cristian Fuzzato. Vestindo a camisa 13, o capitão da equipe organizou o meio-campo e ajudou tanto na defesa quanto articulando as jogadas de ataque, mas divide o mérito das boas atuações com os demais companheiros.“Nosso ponto forte é a união. Não temos valores individuais na equipe, mas sim a importância de todos dentro de suas respectivas funções. Nosso objetivo era esse e principalmente dar o testemunho e buscar a Deus juntos. Quando conseguimos isto, as coisas aconteceram naturalmente”

 “Mesmo assim, temos que dar mérito especial ao Roberto no gol, ao Julião pela organização da defesa e ao Dé [Fuzzato, treinador] que fez muito bem a parte de comandar a equipe, até porque, se em seis jogos tomamos apenas um gol, é porque foi feito um bom trabalho”, salienta.

Para ele, os números revelam que a equipe se superou. “Não éramos favoritos. Na verdade nunca pensamos isso. Sabíamos que seria um campeonato com muitas dificuldades. Por isso treinamos bastante na medida do possível, até porque o tempo era curto, mas sempre focamos em chegar nas finais. Felizmente conseguimos, saímos com o título, fizemos ótimos jogos, com bons testemunhos e nossos frutos fieis comparecendo à igreja. Não poderia ser melhor”, disse o atleta, que marcou por quatro vezes na competição.

Já para a sequência do ano, Cristian mostra certa dúvida sobre o rumo que a equipe deve tomar. Perguntado sobre a participação na Copa Evangélica de futebol society e de futsal, ele deixou a possibilidade de inscrição em aberto, pontuando que a definição deve acontecer em breve.

 “Ainda não temos uma posição definida. Na verdade, o Pastor [Nivaldo Aragão] fará uma reunião com a comissão técnica para ver o que será feito, mas acredito que a base será mantida e devemos colocar até dois times no campeonato de futsal. Feito isso, buscaremos nos preparar bem, com os pés no chão e bom testemunho para buscar novas conquistas”, finaliza Cristian Fuzzato.

Independente da participação da Nazareno, a Associação Evangélica de Esportes e Eventos de São Carlos segue seu planejamento. No próximo dia 4 acontece o torneio de futebol society. Depois, a partir de 1º de agosto, ocorre o campeonato de futsal, que movimentará ginásios da cidade durante o segundo semestre.

Adicionar comentário

Atenção

• Os comentários devem ser respeitosos e relacionados estritamente ao assunto do post e são de inteira responsabilidade de seus autores.

• Não representam necessariamente a opinião deste jornal.

PUBLICIDADE

Atlântica
Bogas

PUBLICIDADE

Jornal 1ª Primeira Página. Todos os direitos reservados.