Sexta-feira, 17 Agosto 2018  13:21:38

Brasil aposta em ambiente família para triunfar

  • Escrito por  DAS AGÊNCIAS

As primeiras horas da seleção brasileira na Rússia mostraram que o elenco vai aproveitar ao máximo uma novidade implantada para esta Copa. A ideia da comissão técnica de Tite de permitir a presença de familiares em Sochi hospedados próximos à concentração da equipe já começou a fazer sucesso com os jogadores logo no primeiro dia no país-sede e promete mudar bastante o ambiente do time durante a competição.

Pela primeira vez na história, os atletas brasileiros puderam levar para a Copa mulheres, filhos, pais e amigos. O intuito de Tite foi criar um ambiente mais descontraído e favorecer o relaxamento dos jogadores nas horas de folga, como nesta segunda-feira, e amenizar a distância de casa. A comissão técnica entende que, ao liberar a presença das pessoas mais íntimas e afrouxar o ambiente de isolamento e concentração, os atletas renderão mais quando forem exigidos.

A presença de familiares de jogadores durante torneios é comum em seleções europeias como Holanda, França, Inglaterra e Alemanha. Em alguns casos, elenco e parentes ficavam até no mesmo hotel durante Copas ou Eurocopas. No Mundial de 2014, eram comum cenas dos jogadores em campo brincando com os filhos após os treinos ou caminhando até a primeira fileira de assentos nos estádios para abraçarem suas mulheres ao fim das partidas.

Ao todo, cerca de 120 familiares e amigos de jogadores da seleção virão a Sochi. Uma agência de viagens contratada pela CBF cuidou da logística de acomodação e recepção. Todos ficarão em um hotel de luxo com praia privativa localizado a cerca de quatro quilômetros de onde a seleção estará concentrada durante o Mundial.

 

Descontração

 

A reportagem foi ao local na segunda-feira (11) e presenciou jogadores da seleção em momentos de relaxamento com a família. O zagueiro Miranda e o atacante Roberto Firmino almoçaram com parentes no restaurante do hotel, que é aberto ao público e tem frutos do mar como especialidade.

Acompanhado dos dois filhos e da mulher, o defensor da Inter de Milão também aproveitou a tarde de sol e calor e foi à praia, separada do amplo saguão do hotel por apenas alguns lances de escadarias. Quem vai ao mar pode ser atendido pelo serviço de bar enquanto se banha nas águas calmas, frescas e sem muitas ondas do Mar Negro.

Antes de Miranda, Firmino almoçou com a mulher e depois saiu para passear. Os jogadores só precisaram se reapresentar ao hotel da seleção durante a noite, para o jantar. O primeiro treino estava previsto para começar às 4h (horário de Brasília), em atividade aberta ao público – a maioria crianças da rede de ensino público de Sochi.

O local onde estão os familiares dos jogadores teve movimentação tranquila durante o dia. Os atletas puderam aproveitar a folga de forma discreta. Em outras ocasiões, será a própria concentração da seleção que vai abrir as portas para receber os familiares. O resort escolhido pela CBF em Sochi tem espaços de convivência reservados para esses encontros. Até mesmo uma brinquedoteca para os filhos dos atletas foi montada no local.

A comissão técnica também não condena os jogadores de beberem cerveja ou vinho durante a folga, desde que em doses pequenas. A relação é de confiança. Tite considera que é necessário aproveitar o descanso de forma correta para render no trabalho.

 

Adicionar comentário

Atenção

• Os comentários devem ser respeitosos e relacionados estritamente ao assunto do post e são de inteira responsabilidade de seus autores.

• Não representam necessariamente a opinião deste jornal.

PUBLICIDADE

Atlântica

PUBLICIDADE

Jornal 1ª Primeira Página. Todos os direitos reservados.