Brasil

Casamentos homoafetivos disparam no estado de São Paulo, diz SEADE


Estudo divulgado pela Fundação Sistema Estadual de Análise de Dados (SEADE), intitulado “Tendências recentes dos casamentos legais no Estado de São Paulo”  mostra que o número de casamentos entre pessoas do mesmo sexo aumentou cerca de 70% entre 2017 e 2018 no estado. O incremento se dá nas uniões tanto do sexo feminino (63,5%) quanto do masculino (65%). O número total de casamentos entre pessoas do mesmo sexo foi de 2.500 em 2017, subindo para 4.100 em 2018.

Desde a sua regulamentação e coleta, de 2013 a 2018, foram celebrados no Estado de São Paulo 14.715 uniões homoafetivas, sendo 58% de uniões femininas e 42% masculinas. Em relação a 2013, primeiro ano desta série, houve crescimento de 109%, passando de 1.966 para 4.100 uniões legais do mesmo sexo, sobressaindo a ocorrência entre mulheres, com ampliação de 1.052 para 2.445, o que representa um incremento de 132,4%. Já para as uniões entre homens, o acréscimo foi de 81,1%, passando de 914 para 1.655 eventos.

Já o número total de casamentos segue tendência contrária, e está em queda desde 2015. Ano passado, foram 279.899 registros, quase 12.000 casamentos a menos do que em 2017, com queda de 4%. Já na comparação com 2015, observa-se redução de 8%, com decréscimo de 25.402 casamentos, o que corresponde, em média, a 70 uniões diárias a menos no ano.

Os casamentos entre pessoas do mesmo sexo representaram 1,5% do total de casamentos em 2018. As informações sobre são coletadas pelas estatísticas do Registro Civil desde 2013, após a união adquirir status jurídico semelhante ao da união entre homem e mulher: em 2011 pelo Supremo Tribunal Federal (STF) e, em 2013, regulamentado pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ), quando ficou estabelecido que todos os cartórios do país passariam a fazer o registro regularmente.

comments icon0 comentários
bookmark icon

Write a comment...

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *