8 de Dezembro de 2021

Dólar

Euro

Brasil

Jornal Primeira Página > Notícias > Brasil > Coronavírus: Mais de 1 milhão de casos e 50 mil mortes

Coronavírus: Mais de 1 milhão de casos e 50 mil mortes

21/06/2020 05h59 - Atualizado há 1 ano Publicado por: Redação
Coronavírus: Mais de 1 milhão de casos e 50 mil mortes Foto: Fábio Motta / Agência O Globo

Mesmo com poucos testes, país vê contaminações e mortes crescerem em ritmo acelerado

O Brasil registrava na tarde de ontem (20), 1.043.168 pessoas infectadas pelo novo coronavírus e 49.156 mortes pela doença. Os dados são de levantamento conjunto feito pelos veículos de comunicação Estadão, G1, O Globo, Extra, Folha e UOL. Os números são consolidados a partir das secretarias estaduais de saúde.
Somente outro país do mundo ultrapassou a marca de 1 milhão de infectados: os Estados Unidos, com 2.178.710, de acordo com os Centros para Controle e Prevenção de Doenças (CDC). Em número de mortes, o Brasil também está atrás somente dos EUA. No território americano, o total de óbitos é de 118.365.
O número, porém, é sabidamente inferior ao real de pessoas que já foram contaminadas no País. Estudo epidemiológico conduzido pela Universidade Federal de Pelotas, que investiga a prevalência do novo coronavírus em cidades brasileiras com testes sorológicos, num modelo parecido com o de uma pesquisa eleitoral, observou a ocorrência de 6 pessoas infectadas para cada uma oficialmente identificada.
O dado é válido para as 133 cidades onde foi feita a pesquisa, pondera o epidemiologista Pedro Hallal, coordenador do estudo e reitor da UFPel, e não deve ser extrapolado para uma estimativa para todo o País. “Mas certamente já estamos na casa dos milhões Podem ser cinco, seis, nove milhões”, afirma.
A epidemia vem há algumas semanas se interiorizando e já se propaga mais rápido nessas regiões que nas capitais, como revelou o Estadão no início de junho. Outro levantamento, feito a pedido da reportagem pelo grupo MonitoraCovid-19, da Fiocruz, mostra que em Estados como São Paulo, Pernambuco e Amazonas, cujas capitais explodiram de casos logo no começo da pandemia, o interior agora já registra mais novos casos por dia dia que as cidades de São Paulo, Recife e Manaus.

Recomendamos para você

Comentários

Assinar
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários
0
Queremos sua opinião! Deixe um comentário.x
()
x