Mensalão: STF condena seis por lavagem de dinheiro

13 de setembro de 2012


Por maioria dos votos dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), seis dos 10 réus do capítulo que trata de lavagem de dinheiro na ação penal do chamado mensalão foram condenados nesta quinta-feira. Ainda faltam quatro votos dos ministros.

 

Com os votos do relator, Joaquim Barbosa, do revisor Ricardo Lewandowski, e dos ministros Rosa Weber, Luiz Fux, Dias Toffoli e Cármen Lúcia, foram condenados os ex-dirigentes do Banco Rural Kátia Rabello e José Roberto Salgado, o empresário Marcos Valério e seus sócios Ramon Hollerbach e Cristiano Paz, e Simone Vasconcellos, ex-diretora da agência SMP&B, de Valério.

Ficou ainda definida, por maioria, a absolvição da ex-vice-presidente do banco, Ayanna Tenório. Em tese, os ministros podem mudar seus votos até o final do processo.

Faltam ainda os votos de Marco Aurélio Mello, Gilmar Mendes, Celso de Mello e do presidente da Corte, Carlos Ayres Britto. Os votos devem definir a absolvição ou condenação de Vinícius Samarane, Rogério Tolentino e Geiza Dias.

A ministra Rosa Weber votou ainda pela absolvição do deputado João Paulo Cunha (PT-SP) da acusação de lavagem de dinheiro e pela condenação do ex-diretor de marketing do Banco do Brasil Henrique Pizzolato pelo mesmo crime. A posição dela sobre estes réus havia ficado pendente no capítulo anterior.

comments icon 0 comentários
bookmark icon

Write a comment...

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *