Alunos levam arte para muro externo de escola

17 de dezembro de 2011


 

Quem antes passava pela rua Padre Teixeira, quase não reparava na existência da Escola Estadual Sebastião de Oliveira Rocha. Agora, a realidade é outra, os muros coloridos da escola chamam a atenção de quem passa a pé ou de carro.

Tudo começou através do projeto Grafitarte que teve como objetivo incentivar os alunos a conhecerem mais sobre arte e representarem temas do cotidiano através de desenhos. “Os alunos fizeram parte do processo desde o início. A proposta era de grafitar o muro da frente da escola e criar desenhos em cima dos temas saúde, qualidade de vida e esporte. Estudamos sobre o grafite, grafiteiros brasileiros e a diferença entre o grafite e a pichação”, explica Anny Lemos, professora de artes.

O projeto aconteceu por meio do projeto Descentralizado da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo e mexeu com o cotidiano da escola e da população, como explica a professora. “Usamos muito a cultura visual e a arte tem o poder te interferir no cotidiano das pessoas. Antes, a escola passava despercebida e agora chama atenção”, comenta.

Para o aluno Gabriel Humberto Moreira, 15 anos, a experiência foi boa. “Ajudei a escolher e a grafitar os desenhos. Gosto de desenhar e as pessoas dizem que desenho bem. Quem passa na rua acha bonito. Enquanto estávamos grafitando tinha gente que parava, olhava e elogiava”, comenta.

Para a professora, projetos como este ampliam o olhar dos alunos para outros contextos da vida e contribuem para que valorizem a escola como um patrimônio público. “A escola ficou mais bonita e tem a questão da diferença entre o grafite e a pichação, duas formas de protesto, mas o resultado da pichação não é uma manifestação artística e causa uma poluição visual, não é bonito, quando a gente trabalha a manifestação dentro de um contexto, é diferente”, explica.

Para João Guilherme de Oliveira, 15 anos, que também participou, mostrar seus conhecimentos foi fundamental. “Foi uma experiência boa de ajudar e mostrar um pouco do que sei. Aprendi que dá para fazer um desenho diferente, com cores e temas variados”, conta.

A professora coordenadora, Andrea L. Vieira, explica que a prática do projeto levou cerca de 1 mês para apresentar o resultado final. “Eles tomam para si o cuidado com a escola. A ideia é de que a gente consiga dar continuidade a este trabalho buscando parcerias na própria cidade”, comenta destacando que a próxima proposta é de criar um ambiente de convivência e lazer na área externa.

comments icon 1 cometário
bookmark icon

One thought on “Alunos levam arte para muro externo de escola

    Write a comment...

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *