Após furto, Rede Feminina de Combate ao Câncer pede ajuda da população

10 de junho de 2019


Entidade aceita doação de leite em pó e gêneros alimentícios, além de cabelos

A sede da Rede Feminina São Carlense de Combate ao Câncer, localizada no Jardim Paraíso, foi arrombada no último final de semana. Foram levadas cestas básicas, latas de complemento alimentar (Sustagen) e cobertores. A quantidade exata não havia sido calculada.
O crime foi descoberto na manhã de segunda-feira (10) pela gerente administrativa Flavia Marchesoni. Segundo ela, a porta principal estava arrombada e o espaço revirado.  A funcionária acredita que os criminosos estavam em busca de dinheiro.
Voluntárias da entidade e funcionários da empresa de segurança contratada pela Rede acreditam que o furto começou na sexta-feira – com o desligamento do relógio de energia elétrica – e só terminou no domingo.  Os assaltantes teriam esperado o alarme descarregar para só depois praticar a ação. Esta não foi a primeira vez que a sede da entidade é alvo de assaltantes.  Em 19 anos de atividades, já foram levados 3 botijões de gás e danificadas as portas do brechó e da lojinha que, junto com os eventos beneficentes,  ajudam a custear as despesas da Rede.
Por mês, a Rede Feminina São Carlense de Combate ao Câncer distribui 200 cestas básicas e 150 kits de alimentação, além de fraldas e medicamentos.
Quem quiser colaborar com os trabalhos da entidade pode encaminhar doação de leite em pó, gêneros alimentícios e mechas de cabelo com mais de 7 centímetros diretamente à sede da instituição, localizada na rua Serafim Vieira de Almeida, 335, Jardim Paraíso (próximo à Santa Casa). O atendimento é feito de segunda a quinta-feira, das 13h às 17h. Mais informações pelo telefone 3371 1244.

3 recommended
comments icon 0 comentários
bookmark icon

Write a comment...

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *