Cidades

Associação Mãos que Criam entrega 15 mil máscaras para a Prefeitura de Araraquara


Equipamentos de proteção foram comprados pelo Município para distribuição à população em vulnerabilidade social; 15 mulheres participaram do trabalho

Em ato simbólico na última quinta-feira (25), a Associação Mãos que Criam entregou parte das 15 mil máscaras que estão sendo distribuídas em diversos pontos da cidade definidos pelo Comitê de Contingência do Coronavírus. O objetivo é garantir o item de proteção para a população de alta vulnerabilidade em Araraquara.

A Prefeitura contratou a entidade, formada por mulheres artesãs, para a confecção dessas máscaras caseiras (adultas e infantis). Além das dez sócias da associação, foram convidadas mais cinco costureiras do Jardim das Hortênsias, totalizando 15 mulheres para o trabalho. Na entrega, elas estiveram representadas por Solange Aparecida de Matos Santos, presidente da associação, e Elaine Alves.

A confecção foi feita no Espaço Kaparaó, sendo que a Prefeitura comprou tecido 100% algodão, elástico e linhas. Também foram recebidas doações de malha branca, TNT (tecido não tecido) de diversas cores e elásticos. A higienização das máscaras foi feita pelo Instituto de Química da Unesp Araraquara.

Essas máscaras chegam à população embaladas, higienizadas e com instruções de higienização e uso corretos. Todo o projeto é da Secretaria Municipal de Saúde, com apoio da Coordenadoria Municipal de Trabalho e Economia Criativa e Solidária, vinculada à Secretaria Municipal do Trabalho e do Desenvolvimento Econômico.

Com a contratação da associação e das costureiras, a Prefeitura garante a máscara às pessoas que não teriam condições de fazer essa aquisição, além de proporcionar renda às profissionais e fomentar a economia solidária no município.

“É a Saúde e a Assistência Social se juntando. A Saúde garante o atendimento à população positivada pela Covid-19 e a Assistência trabalha para apoiar as pessoas que estão sofrendo com o impacto econômico do coronavírus. Uma das formas é pela geração de renda”, afirma o prefeito Edinho, que participou do ato de entrega das máscaras.

“As costureiras se juntaram e produziram máscaras para quem não tinha condições de comprar uma máscara. Quero dar os parabéns para a Associação Mãos que Criam. Aqui em Araraquara, a solidariedade contagia mais que o vírus”, complementou.

Para a secretária de Saúde, Eliana Honain, a parceria com a associação é fundamental para a proteção da população. “Quando o comitê determinou a obrigatoriedade das máscaras, em 1º de maio, a gente tinha a preocupação com as pessoas que não teriam condições de adquirir. Dessa forma, a população em vulnerabilidade pode ter acesso a esse equipamento de proteção individual”, relata.

A coordenadora de Trabalho e de Economia Criativa e Solidária, Camila Capacle, destaca que a iniciativa protege os moradores da cidade e gera oportunidade de renda. “A população em vulnerabilidade irá se proteger com as máscaras feitas por mulheres que estavam em situação delicada, artesãs que estavam com as atividades paralisadas. Isso gerou renda para 15 mulheres em um modelo de economia solidária e, ao mesmo tempo, beneficiou a população”, analisa.

Solange, em nome da associação, agradeceu à Prefeitura pela parceria. “A experiência foi muito válida tanto para nós, da associação, como também o benefício para várias pessoas que poderiam não ter condições de comprar as máscaras. Estávamos todas paradas e com a nossa loja no Terminal de Integração fechada”, destaca.

Também estiveram presentes na entrega o vice-prefeito Damiano Neto; a secretária de Assistência e Desenvolvimento Social, Jacqueline Barbosa; a gerente de Economia Solidária, Flávia de Jesus Andrade; e a gestora da Coordenadoria do Trabalho e de Economia Criativa e Solidária, Ana Patrícia Ferreira.

comments icon0 comentários
bookmark icon

Write a comment...

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com