Avião Xavante, em monumento, é entregue no Santa Felícia

3 de novembro de 2013


Um dos momentos mais esperados das programação de aniversário dos 156 anos de São Carlos aconteceu neste domingo, 3: o prefeito Paulo Altomani, ao lado da primeira dama e presidente do Fundo Social de Solidariedade, Alice Altomani, secretários e inúmeros convidados, participou da solenidade de entrega do monumento que ostenta um exemplar do avião Xavante, na rotatória da Rua Miguel Petroni com a Avenida João Dagnone, no Santa Felícia, que compõe o complexo viário Fernando Arruda Botelho.

 

As entregas do monumento, e da praça, são homenagens da Administração Municipal ao empresário, piloto e grande incentivador do desenvolvimento da cidade, Fernando de Arruda Botelho, vítima de acidente aéreo em abril de 2012. Na solenidade deste domingo, a mãe do homenageado Maria Flora, a esposa Rosana, os filhos e dezenas de amigos próximos, como José Bento Carlos Amaral, se destacaram entre os convidados.

A aeronave instalada na praça, que já se tornou o novo cartão postal do município, foi um presente da Aeronáutica para São Carlos. Todo um projeto foi idealizado para que o Xavante ficasse exposto. Patrocinado pelo Instituto Arruda Botelho, o projeto contou com apoio do Museu TAM e da refeitura, por meio de várias secretarias.

O Xavante, que vazio pesa 2,5 toneladas, tem 10,80 metros de comprimento por 10,60 de largura, 2,80 metros de altura, e está posicionado com o bico voltado para Avenida João Dagnone, com uma inclinação de 5 graus, indicando o campus 2 da Universidade de São Paulo (USP), onde é oferecido o curso de Engenharia Aeronáutica. Na cabine do avião foi colocado um boneco, em tamanho natural, lembrando o homenageado Fernando Botelho.

Para Altomani, o monumento irá eternizar a memória do empresário e amante da aviação, além de oferecer uma nova atração para a cidade. “Agradecemos o apoio de todos para concretização deste projeto que, certamente, valoriza a nossa cidade e reforça sua vocação como polo aeronáutico. Fernando de Arruda Botelho foi um ícone para São Carlos e nada mais justo do que prestar essa homenagem, à altura da sua capacidade e espírito sãocarlense”, disse Altomani.

Rosana Camargo, esposa de Fernando Botelho, agradeceu a homenagem e lembrou que ele tinha um grande respeito e admiração pela cidade “Sem o apoio de Paulo Altomani, meus filhos e eu não estaríamos aqui hoje. A prefeitura teve uma sensibilidade muito grande e poder de concretização. Também foi possível observar que temos os mesmos valores”, comentou.

 

O amigo da família e ex-prefeito da cidade, José Bento Carlos Amaral, que coordenou a vinda do Xavante, ressaltou o empenho de Fernando Arruda Botelho em ajudar a cidade. “Estamos certos de que ele está muito satisfeito”, concluiu. 

2 recommended
comments icon 0 comentários
bookmark icon

Write a comment...

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *