Cidades

Ciência e Tecnologia realiza workshop em gestão pública no ICMC


A Secretaria Municipal de Meio Ambiente, Ciência, Tecnologia e Inovação realiza hoje, 13, a partir das 8h30, no Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC-USP), localizado na avenida Trabalhador São-carlense, 400, um workshop, atividade decorrente de uma série de reuniões realizadas no ano de 2019 no sentido de articular competências e soluções para o domínio de aplicação da gestão pública municipal.
José Galizia Tundisi, secretário de meio Ambiente, Ciência, Tecnologia e Inovação, entende que as redes temáticas tipo Centros de Pesquisa, Inovação e Difusão (CEPIDs) e Institutos Nacionais de Ciência e Tecnologia (INCTs), isoladas ou articuladamente, podem contribuir significativamente para elaborar soluções de alto impacto econômico e social relacionadas a demandas da gestão pública, em particular da gestão pública de municípios. São Carlos e região tem um número significativo de redes temáticas.
“As soluções eventualmente elaboradas e desenvolvidas para o município de São Carlos poderiam ser disponibilizadas e replicadas nos mais de 5 mil municípios brasileiros, valorizando ainda mais os investimentos em Ciência, Tecnologia e Inovação realizados nessas redes temáticas”, acredita Tundisi.
O objetivo principal do workshop é de estimular o estabelecimento de canais de comunicação e pontos de contato que viabilizem a identificação de problemas; a agregação de habilidades e competências necessárias; e a elaboração de soluções para o domínio da gestão pública. Espera-se estabelecer uma prática de articulação de habilidades e competências na relação academia-indústria-governo para identificação de problemas e demandas e consequente articulação de recursos humanos e financeiros para a elaboração de soluções e produtos tecnológicos.
Nesse sentido, a agenda do workshop foi estabelecida para na parte da manhã ser apresentadas as habilidades e competências científicas e tecnológicas do lado acadêmico e as demandas da gestão pública. Desta forma, espera-se que sejam identificados grupos de pesquisadores ou pontos de contato. Na parte da tarde, esses grupos se reúnem para elaborar uma agenda preliminar de atividades. Para as demandas e/ou problemas apresentados para os quais não forem identificados grupos ou pontos de contato, entre os presentes, será elaborada uma lista de demandas e/ou problemas que posteriormente será enviada aos CEPIDs e INCTs para possíveis futuras articulações.

comments icon0 comentários
bookmark icon

Write a comment...

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *