15 de Agosto de 2022

Dólar

Euro

Cidades

Jornal Primeira Página > Notícias > Cidades > Crianças de projetos sociais viram torcedoras do Chile

Crianças de projetos sociais viram torcedoras do Chile

12/05/2012 12h54 - Atualizado há 10 anos Publicado por: Redação
Crianças de projetos sociais viram torcedoras do Chile

Perto de 500 crianças e adolescentes da rede pública municipal e estadual de São Carlos tiveram a oportunidade ontem de assistir ao jogo entre Chile e Venezuela, no qual a Venezuela, mesmo vencendo por3 a0, contou com uma torcida contra: dos garotos de7 a15 anos que estiveram no ginásio Milton Olaio Filho, durante a terceira rodada do Pré-Olímpico Sul-Americano de Vôlei Feminino.

 

A prefeitura abre o ginásio para essa garotada no dia em que a seleção brasileira não joga e o público pagante foi visivelmente menor. A proposta, segundo o diretor de Esporte da cidade, Ricardo Moralles, é proporcionar um primeiro contato da garotada com o vôlei. “A oportunidade é única, já que eles estão vendo um jogo internacional”, afirmou.

Na avaliação de Moralles, o jogo pode proporcionar aos garotos visitantes a oportunidade de ver como as atletas se comportam em quadra, o rendimento físico de cada uma e isso pode estimular novos atletas na cidade.

Estiveram no ginásio 150 crianças do projeto Recreação da Prefeitura, 200 da rede de ensino municipal, 50 do projeto Pequeno Cidadão da Universidade de São Paulo (USP) e cem da escola estadual Jesuíno de Arruda. Os alunos assistiram apenas o primeiro jogo do dia, para cumprir o horário da escola.

Segundo o secretário de Planejamento e Gestão de São Carlos, Rosoé Francisco Donato, a prefeitura investiu R$ 300 mil no torneio que foram repassados para a Confederação Brasileira de Vôlei (CBV). O evento, de acordo com a organização da Confederação, foi estimado em R$ 1 milhão.

Rosoé explica que o investimento traz retornos para a cidade. “Nos eventos anteriores como o Gran Prix de Vôlei em2010, acidade movimentou perto de R$ 4 milhões”, calcula, ao se apressar em dizer que há retorno social com o estímulo que o evento traz às novas gerações.

Ele otimiza a verba destinada ao Pré-Olímpico com a publicidade positiva da cidade que o evento gera pela mídia nacional e internacional. “Empresários que buscam a cidade para expandir seus investimentos poderão se sensibilizar com a modernidade da cidade”, declarou.

A prefeitura já antecipa que entre os dias 26 e 28 de junho a cidade recebe o Four 2012 de Basquete, quadrangular amistoso que vai reunir Brasil, Grécia, Nigéria e Nova Zelândia. A seleção de basquete, que já está classificada para Londres, terá a oportunidade de participar do penúltimo torneio antes de seguir para as Olimpíadas de Londres.

Recomendamos para você

Comentários

Assinar
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários
0
Queremos sua opinião! Deixe um comentário.x