Entidades de São Carlos se organizam para a Greve Geral

10 de junho de 2019


Grupos de esquerda e sindicatos organizam paralisação para a próxima sexta, dia 14

Entidades sindicais, funcionalismo público, estudantes, movimentos sociais e partidos políticos de esquerda se organizam para a Greve Geral de sexta-feira, 14. As concentrações ocorrem em três pontos de São Carlos. O protesto, desta vez, diz respeito à reforma da Previdência.
Na Praça Itália, haverá a concentração dos trabalhadores da Volkswagen, Tecumseh, Electrolux, funcionalismo público e trabalhadores rurais. O encontro está previsto para às 9h.
Na Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), ocorre o segundo ponto de concentração com os estudantes e servidores da instituição. Os trabalhadores da Tecumseh II (Jóquei Clube) vão se concentrar nesse espaço.
No Terminal Rodoviário, está previsto o encontro de servidores e estudantes da USP e professores estaduais. Todos se encontram às 11h, na Praça do Mercado. Carros de som percorrerão os bairros de São Carlos para chamar a população ao manifesto. Há a previsão de distribuir 100 mil panfletos por São Carlos.
Nos dias 15 e 30 de maio, ocorreram duas manifestações em São Carlos contra o contingenciamento de recursos para a Educação. Em decreto de março que bloqueou R$ 29 bilhões do Orçamento 2019, o governo federal contingenciou R$ 5,8 bilhões da educação. Desse valor, R$ 1,704 bilhão recai sobre o ensino superior federal. Em maio, a Capes suspendeu a concessão de bolsas de mestrado e doutorado.

comments icon 0 comentários
bookmark icon

Write a comment...

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *