24 de Setembro de 2021

Dólar

Euro

Cidades

Jornal Primeira Página > Notícias > Cidades > Guardas Municipais se unem e com um ‘caixão’ protestam em frente ao Paço Municipal de São Carlos

Guardas Municipais se unem e com um ‘caixão’ protestam em frente ao Paço Municipal de São Carlos

Após manifesto junto ao Poder Executivo, os agentes municipais em passeata foram até a frente da Câmara Municipal de São Carlos (SP)

14/09/2021 17h26 - Atualizado há 1 semana Publicado por: Redação
Guardas Municipais se unem e com um ‘caixão’ protestam em frente ao Paço Municipal de São Carlos Fotos: Jornal Primeira Página

Aproximadamente 60 agentes da Guarda Municipal de São Carlos (SP), se reuniram e protestaram na tarde desta terça-feira (14), em frente ao Paço Municipal, com o intuito de obter melhorias para a categoria, que é subordinada à Secretaria Municipal de Segurança Pública.

De acordo com o apurado pela reportagem do Jornal Primeira Página, o manifesto foi baseado em desacordos quanto ao acordo coletivo, que foi estipulado em 2021 pela Prefeitura Municipal de São Carlos (SP), por intermédio da Secretaria de Administração, comandada por Helena Antunes. Segundo o que consta o acordo coletivo da classe está vencido desde o mês de abril de 2021, e a busca dos agentes municipais é por um acordo que possa garantir os benefícios visando à valorização da classe.

Em 24 de agosto, os guardas municipais realizaram um manifesto também enfrente ao Paço Municipal de São Carlos (SP), tendo como objetivo pressionar a Prefeitura no que diz respeito ao direito de ver os documentos dos acordos individuais da categoria, que de acordo com os GMs, é um direito que lhes foi negado pela administração municipal.

Com base na reforma trabalhista, é obrigatório que se faça o acordo individual ou coletivo entre o funcionalismo público e o Poder Executivo, porém, segundo destacou alguns guardas municipais que conversou com o jornalismo, nos anos anteriores sempre o que era estabelecido acabou sendo aceito pelo grupo, mas com o fim do 14º salário e outros benefícios, a luta da classe é para que se tenha melhoria na escala de trabalho, e que o salário seja equivalente ao nível ensino médio, conforme previsto no Estatuto Geral das Guardas Municipais pela Lei 13.022 de 2014, o que atualmente na Guarda Municipal de São Carlos (SP), é equiparado ao nível ensino fundamental, diante de diversas funções que é desempenhada pelos funcionários públicos no exercício de suas funções, além da árdua batalha para que seja desenvolvido também um plano de carreira junto à corporação.

Utilizando de um carro de som, alguns vereadores que estiveram no manifesto discursaram e deixaram claro o apoio aos profissionais de segurança pública municipal, bem como a AGMSC (Associação dos Guardas Municipais de São Carlos) e o Sindspam. Ao tomar posse do microfone, agentes da Guarda Municipal expressaram suas indignações quanto a algumas situações enfrentadas no dia a dia pela tropa, expondo até que capacitações profissionais desenvolvidas pelos agentes, para que se possa ser desenvolvido um excelente trabalho para a população são-carlense, são pagas na maioria das vezes do próprio bolso, sem qualquer apoio da gestão municipal, onde em ato continuo, todos os manifestantes passaram a chamar em alto e bom tom pelo Secretário Municipal de Segurança Pública, Samir Antônio Gardini, para que pudesse se expressar diante do protesto que foi realizado de forma pacifica.

Segundo relatou o Secretário Municipal de Segurança Pública, Samir Antônio Gardini, não só a Guarda Municipal como outras categorias, tem de tempo em tempo a renovação do Acordo Coletivo, porém, não houve esse acordo entre o Sindicato e a Prefeitura na questão Acordo Coletivo, surgindo o Acordo Individual, e o que eles (Guardas Municipais) estão pleiteando, é um maior tempo para que se possa estudar esse Acordo Individual, e isso vai ser levado ao Prefeito, para que a gente delibere. Como é Acordo Individual, a reunião anterior foi feita entre o Acordado e a Prefeitura, e a única reunião coletiva que tivemos foi diante do Sindicado da classe, onde a Secretaria Municipal de Segurança Pública irá participar de reuniões junto ao Prefeito e a Secretaria de Governo, a Secretaria de Administração, e decidir qual o melhor caminho a princípio a ser definido, finalizou.

Uma reunião entre os membros do Poder Executivo e os agentes municipais, será realizada no Paço Municipal a partir das 9h desta quarta-feira (15).

Recomendamos para você

Comentários

Assinar
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários
0
Queremos sua opinião! Deixe um comentário.x
()
x