13 de Abril de 2021

Dólar

Euro

Cidades

Jornal Primeira Página > Notícias > Cidades > Ibaté: Casas populares devem ser entregues em maio

Ibaté: Casas populares devem ser entregues em maio

07/03/2016 11h18 - Atualizado há 5 anos Publicado por: Redação
Ibaté: Casas populares devem ser entregues em maio

As casas populares da primeira fase do Residencial Domingos Valério, em parceria com o governo federal pelo Programa “Minha Casa Minha Vida – Faixa 2”, estão em fase final de construção e as 119 unidades deverão ser entregues ainda no primeiro semestre, com expectativa para o mês de maio.

De acordo com o prefeito Alessandro Magno de Melo Rosa (PSDB), as novas unidades habitacionais do Residencial Domingos Valério terão uma área de aproximadamente 46,93m² de área construída, com sala, banheiro, cozinha, dois dormitórios e lavanderia. 

“São moradias com muita qualidade e conforto, onde 119 famílias irão realizar o sonho de conquistar a tão sonhada casa própria”, destacou o chefe do Executivo.   

As unidades habitacionais estarão em um residencial que conta com total infraestrutura, como água, esgoto, drenagem, energia elétrica e asfalto. “No Residencial Domingos Valério as casas serão entregues em um novo bairro que contará com infraestrutura completa. Isso é a maneira de valorizar a população”, ressaltou Alessandro. 

Uma caixa de água foi construída para suportar a demanda do novo residencial e também dos bairros próximos. “Foi tudo planejado para que a população não sofra no futuro com falta de infraestrutura”, apontou Alessandro. 

Após o término e entrega dessas 119 casas, será desencadeada a segunda fase do Residencial Domingos Valério, também por meio do Programa “Minha Casa Minha Vida – Faixa 2”, do governo federal.

Na segunda etapa serão construídas mais 150 unidades habitacionais e as pessoas interessadas devem procurar o correspondente SAFE Administração e Vendas, em parceria com o Portal da Casa Própria, que está localizado na rua Bernardino de Campos, 280, Centro, no horário das 9h às 17h, de segunda a sexta-feira e no sábado das 9h às 12h, para realizar a inscrição. 

É importante que os interessados estejam munidos de cópias de seus documentos pessoais, como CPF, RG, comprovante de endereço e o último holerite. 

Após realização do cadastro, os interessados, seguindo a ordem de inscrição, passam por uma avaliação feita pela Caixa Econômica Federal. As novas moradias da segunda fase serão semelhantes as construídas na primeira. 

 

MAIS – Segundo Alessandro, mais 884 casas populares já estão sendo construídas ou dentro do cronograma, como acontece no Conjunto Habitacional da Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU), uma parceria com o governo do Estado de São Paulo, onde na primeira fase 240 unidades se encontram em edificação e serão entregues no primeiro semestre de 2016; na segunda, outras 284 acabarão levantadas. 

A ideia do prefeito é diminuir o déficit habitacional na cidade com a construção de casas populares. “Estamos aos poucos alcançando um de nossos principais objetivos, que é diminuir o déficit habitacional em nossa cidade. A conquista da casa própria é com certeza um dos maiores sonhos de nossos munícipes”, destacou Alessandro.

Em outubro do ano passado, Alessandro entregou 154 casas populares do Jardim do Bosque. O investimento foi de R$ 13.844.000 em parceria com o governo federal por meio do Programa “Minha Casa Minha Vida – Faixa 2”. “O Jardim do Bosque foi apenas uma parte, estamos entregamos as 154 unidades, mas temos um total de 1.038 em outros projetos com parcerias tanto com o governo estadual quanto federal”, lembrou Alessandro. 

Recomendamos para você

Comentários

Assinar
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários
0
Queremos sua opinião! Deixe um comentário.x
()
x