24 de Setembro de 2021

Dólar

Euro

Cidades

Jornal Primeira Página > Notícias > Cidades > José Renato Andrade Júnior admite briga e diz querer se retratar com Romeu Bertho

José Renato Andrade Júnior admite briga e diz querer se retratar com Romeu Bertho

Exonerado do cargo a pedido, ele diz que busca contato com o mestre Romeu Bertho e sua família

27/07/2021 14h08 - Atualizado há 2 meses Publicado por: Redação
José Renato Andrade Júnior admite briga e diz querer se retratar com Romeu Bertho

O ex-cargo de confiança da Prefeitura de São Carlos, José Renato Andrade Júnior, admitiu em publicação nas redes sociais que participou de uma briga de trânsito, na qual houve ofensas e agressões. Exonerado do cargo a pedido, ele diz que busca contato com o mestre Romeu Bertho e sua família para se retratar pessoalmente a respeito do ocorrido.

Leia a íntegra do comunicado:

“Eu, José Renato Junior, venho por meio desta nota, admitir minha participação em uma “briga de trânsito”, na última quinta-feira (22), onde também estava presente o Sr. Romeu Bertho. Infelizmente, com o calor dos fatos, houve ofensas e agressões, e aqui assumo publicamente o meu pesar pelo ocorrido. Tenho procurado o Sr. Romeu Bertho e sua família para me retratar pessoalmente, mas ainda não consegui êxito. Também informo que solicitei ao prefeito Airton Garcia e também, a diretora-presidente da Fundação Pró-Memória, Maria Isabel Lima, a minha exoneração do cargo de diretor do Departamento de Gestão Administrativa, da FPM. Novamente, reitero minha consternação pelo lamentável ocorrido e externo minha admiração pelo legado do mestre Romeu Bertho e meu respeito pelos idosos e demais praticantes e disseminadores das artes marciais”.

ENTENDA O CASO-José Renato Andrade Júnior (22 anos) é acusado de agredir o renomado e respeitado professor de Jiu Jitsu, Romeu Bertho, de 84 anos, em São Carlos, de acordo bom Boletim de Ocorrência registrado junto ao Plantão Policial.

De acordo com o relato do professor, ele estava trafegando na Avenida Henrique Gregori na quinta-feira (22), quando o jovem o ultrapassou e passou a desferir xingamentos e gestos em sua direção. Um pouco mais à frente, o jovem retornou com o carro e passou a discutir com o professor. Logo em seguida, ambos pararam o carro e o jovem desferiu um chute no rosto do professor.

Já segundo a versão do jovem, o veículo do professor o teria fechado diversas vezes na Avenida, o que o deixou irritado. Quando ambos pararam os carros, o professor teria saído correndo e “partido para cima dele”. Por reflexo, ele diz que se apoiou no capô e levantou o pé, atingindo o rosto do professor.

O Instituto Médico Legal fez exame no professor. O caso está sendo apurado.

Recomendamos para você

Comentários

Assinar
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários
0
Queremos sua opinião! Deixe um comentário.x
()
x