8 de Março de 2021

Dólar

Euro

Cidades

Jornal Primeira Página > Notícias > Cidades > Manifestação em defesa do emprego reúne 5 mil

Manifestação em defesa do emprego reúne 5 mil

10/02/2012 10h09 - Atualizado há 9 anos Publicado por: Redação
Manifestação em defesa do emprego reúne 5 mil

Contando com a presença do prefeito Oswaldo Barba e do deputado federal Newton Lima (PT-SP), a manifestação realizada na manhã de ontem pelos metalúrgicos paulistas reuniu cerca de 5 mil trabalhadores. Eles participaram de uma passeata na avenida São Carlos até o Mercado Municipal.

Organizada pela CUT e Força Sindical e pelos 14 sindicatos filiados à Federação dos Metalúrgicos da CUT, a marcha teve como objetivo reivindicar que a redução do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) feita pelo governo federal à indústria do País seja acompanhada de contrapartidas como índice mínimo de conteúdo nacional. O objetivo é acabar com as “linhas produtivas ocas” que causam a desindustrialização do Brasil.

 

Newton Lima informou aos trabalhadores que apresentou nesta semana ao ministro da Ciência e Tecnologia, Marco Raupp, os cálculos de pesquisa do Dieese que demonstram que, nos últimos dez anos, a importação de peças cresceu 658,6%, enquanto que as vendas de eletrodomésticos aumentaram 63,1%. Ele afirmou que a presidente da República, Dilma Rousseff, já está sensibilizada com o problema e acredita numa solução em breve.

 

“Ao reduzir o IPI do setor automotivo, o governo determinou que 60% da produção dos automóveis ocorresse no mercado nacional. Infelizmente essa medida não atingiu a linha branca, que foi invadida por produtos chineses. Esta manifestação não só previne como aponta para a direção que é preciso tomar nosso governo para que não haja mais demissões”, alertou o deputado. Ele afirma que está construindo, juntamente com os sindicatos, agendas com o Ministério do Desenvolvimento e Ministério da Fazenda para debater o tema.

 

O prefeito Oswaldo Barba lembrou que a cidade emprega 12 mil metalúrgicos em 350 empresas. Segundo ele, a indústria local e nacional precisa dessa proteção para a preservação do emprego e manutenção de milhares de famílias. Barba lembrou que a Tecumseh do Brasil chegou a ser a maior exportadora do Estado de São Paulo e que hoje sofre com a concorrência desleal e outros problemas.

CIDADE ESTRATÉGICA – A cidade de São Carlos foi escolhida para dar início a esta campanha, que seguirá por todo Brasil, por ser um importante polo de fornecedores de peças para a linha branca (fogões, geladeiras, máquinas de lavar etc.). Além disso, registra 20% de demissões na base, apesar de o setor ter sido beneficiado por medidas do governo que reduziram impostos e elevaram as vendas.

 

O presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de São Carlos, Erick Silva, enfatiza que os trabalhadores na indústria automotiva se mobilizaram nessa questão de importação de peças e conseguiram uma vitória. “Os metalúrgicos defendem que o governo passe a exigir conteúdo nacional naquilo que é produzido no país. A redução do IPI aumentou as vendas, mas não elevou a produção interna no setor de linha branca e nós lutaremos para reverter isso, queremos garantir o emprego e estimular a produção de conteúdo nacional.”, disse.

 

Recomendamos para você

Comentários

Assinar
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários
0
Queremos sua opinião! Deixe um comentário.x
()
x