23 de Setembro de 2020

Dólar

Euro

Cidades

Jornal Primeira Página > Notícias > Cidades > Movimento Conservador promete acionar Promotoria por lista tríplice na UFSCar

Movimento Conservador promete acionar Promotoria por lista tríplice na UFSCar

Segundo ativistas, caso lista tríplice não seja formada pelos três candidatos à reitoria que disputaram a eleição, o MPF será acionado

14 de Agosto de 2020 às 13:35 Publicado por: Redação
Movimento Conservador promete acionar Promotoria por lista tríplice na UFSCar Foto: Reitoria / UFSCar

Após a realização da votação e homologação do resultado por parte do Conselho Universitário, as eleições para a reitoria da UFSCar continuam gerando polêmica. Em publicação nas redes sociais, o Movimento Conservador de São Carlos vê a democracia em risco na universidade e diz que pode até acionar o Ministério Público Federal para averiguar o caso. “A eleição para a reitoria da UFSCAR corre sério risco de ser uma farsa organizada pela chapa vencedora da consulta eleitoral a comunidade acadêmica”, disse o Movimento Conservador.

De acordo com o grupo, com uma série de dossiês e informações falsas colocadas na mídia com a clara intenção de prejudicar os candidatos rivais, a consulta eleitoral para o cargo de reitor da UFSCar foi transformada em um verdadeiro campo de guerra. “Defendido ferrenhamente por movimentos ligados a pautas como LGBT, feminismo e liberação das drogas, um dos candidatos a reitor utilizou a militância virtual de esquerda para tentar destruir, de maneira apócrifa, a imagem dos concorrentes chamando-os de racistas, homofóbicos e até de nazistas!”, ressaltou o Movimento Conservador.

Na nota, o grupo também destacou entrevista do vencedor da consulta eleitoral, Professor Adilson (DF-UFSCar), na qual ele disse que o Colégio Eleitoral da UFSCar, ao formar a lista tríplice de candidatos a ser enviada para o presidente Jair Bolsonaro e o Ministério da Educação analisarem, escolheria três integrantes de sua chapa, seguindo tradição interna da UFSCar. No entanto, para o Movimento Conservador, caso isso se confirme, o grupo fará um comunicado formal ao Ministério Público Federal.

“Em toda eleição normal a lista tríplice é composta pelos três primeiros classificados no pleito eleitoral, não por três nomes escolhidos pelo vencedor dentro da sua própria chapa. Enviar ao MEC os nomes dos três primeiros colocados na consulta eleitoral, além de ser uma obrigação legal, ainda demonstraria o verdadeiro valor democrático dessa renomada Universidade na composição da lista tríplice a ser enviada ao Presidente da República”, destacou o Movimento Conservador.

ELEIÇÃO-O Professor Titular do Departamento de Física, Adilson Jesus Aparecido de Oliveira, venceu as eleições para a reitoria da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar). A chapa encabeçada por ele, Chapa Juntos pela UFSCar, obteve 67% dos votos, contra 23% da chapa Construir Juntos, encabeçada pela atual reitora, Profa. Dra. Wanda Aparecida Machado Hoffmann (Professora Titular do DCI/CECH). A chapa Por uma UFSCar Notável, liderada pelo Professor Doutor Fernando M. Araújo-Moreira, do Departamento de Física, ficou em terceiro lugar com 10% dos votos. O resultado foi homologado pelo Conselho Universitário.

Recomendamos para você

Comentários

Assinar
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários
0
Queremos sua opinião! Deixe um comentário.x
()
x