21 de Janeiro de 2021

Dólar

Euro

Cidades

Jornal Primeira Página > Notícias > Cidades > Município oferece curso para mulheres

Município oferece curso para mulheres

02/03/2012 12h33 - Atualizado há 9 anos Publicado por: Redação
Município oferece curso para mulheres

Pelo menos 90 mulheres de São Carlos já estão inscritas no programa da Prefeitura que irá ensinar as técnicas da Construção Civil ao público feminino que vão ter aulas teóricas e práticas de alvenaria para construção de casas e poderão escolher outros dois cursos dentre os seguintes: pintura de paredes, assentamento de tijolos, aplicação de pisos e azulejos, hidráulica e carpintaria.

Com inscrições abertas até o próximo dia 15, e pelo menos 150 vagas, o Centro de Referência da Mulher, ligado à Secretaria Municipal de Cidadania, vai abordar durante o curso aulas sobre a economia solidária e matemática aplicada.

Segundo a chefe de Divisão de Políticas Públicas para as Mulheres, Raquel Auxiliadora dos Santos, o curso é gratuito e as alunas que necessitarem, receberão auxílio alimentação, passe de ônibus e monitoria para os filhos que tenham entre 5 e 13 anos. “Assim facilita a vida das mulheres que precisam de uma profissão e não têm com quem deixar as crianças em parte do seu dia”, afirmou.

Raquel também ressaltou que São Carlos foi contemplada com o programa pela Secretaria para a Mulher, do governo federal, com mais sete cidades em todo o Brasil. “A proposta é formar a mulher com nível técnico para atender ao mercado da construção civil que está em franca expansão com as obras do programa Minha Casa, Minha Vida e Programa de Aceleração do Crescimento”, afirmou.

O objetivo da prefeitura com o curso é atender a demanda crescente de mulheres na área da construção civilem São Carlose no país, de modo geral. Entre 2007 e 2009, no Brasil, esse mercado se expandiu em 44,5%; atualmente cerca de 170 mil mulheres trabalham com construção civil no país.

Ela explicou que o número de vagas será fechado em 150, mas a prefeitura irá deixar uma margem de pessoas que se interessem pelo curso; caso haja desistência essa, lista de espera será acionada.

As aulas práticas, segundo a chefe de Divisão, serão ministradas em áreas de equipamentos públicos que necessitem de reforma ou construção. “Se uma escola precisar de um piso novo as aulas práticas serão feitas lá. Assim a comunidade também se beneficia do programa”, explicou.

As aulas teóricas serão realizadas no Centro de Referência da Mulher que fica na rua 13 de Maio, 1732, no Centro, e no Centro Público de Economia Solidária, na rua José Bonifácio, 885, ambos na região central. Mais informações pelos telefones: (16) 3376-6561 ou 3307-7799.

Recomendamos para você

Comentários

Assinar
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários
0
Queremos sua opinião! Deixe um comentário.x
()
x