21 de Janeiro de 2021

Dólar

Euro

Cidades

Jornal Primeira Página > Notícias > Cidades > Padre Dony será o primeiro a receber a medalha para voluntários

Padre Dony será o primeiro a receber a medalha para voluntários

03/07/2015 08h23 - Atualizado há 6 anos Publicado por: Redação
Padre Dony será o primeiro a receber a medalha para voluntários

No próximo dia 11, a Câmara Municipal de Itirapina irá entregar a medalha “Benemérito Presbítero Monsenhor José Maria Fructuoso Braga” ao padre José Donizeti de Oliveira, carinhosamente chamado de Padre Dony. 

A cerimônia terá início às 18h com missa em ação de Graças na Igreja Matriz, logo após, no Recanto Santo Antonio, será realizada a sessão solene para entregar a honraria. 

A homenagem visa reconhecer o trabalho das pessoas que realizam serviços espontâneos na cidade e foi idealizada pelos vereadores Félix Henrique de Oliveira e Fabio Belarmino da Silva, o Fábio Piloto, ambos do Partido Republicano (PR), por meio do projeto de lei nº10, aprovado no dia 22 de dezembro de 2014. 

A medalha será concedida pela Câmara de Itirapina às pessoas vivas que residem na cidade há no mínimo cinco anos e que tenham feito um relevante serviço de forma voluntária e beneficente à comunidade itirapinense na defesa da família, dos direitos das crianças e adolescentes, na defesa dos idosos, das pessoas portadoras de necessidades especiais e das pessoas doentes e acamadas, na defesa do direito das mulheres, na prestação de serviços de evangelização e catequese e na prática da assistência social filantrópica.

Segundo o vereador Félix, esta iniciativa “é uma justa e singela homenagem que o Poder Legislativo pode e deve prestar ao homem justo que foi o padre Zé, como era carinhosamente conhecido junto à comunidade. Ao longo dos vinte e oito anos, de 1985 a 2013, que ele trabalhou em Itirapina, com seu jeito simples e atencioso, o padre Zé Maria foi muito mais que um sacerdote para a cidade, foi um pai, um amigo, um irmão, um companheiro, enfim, foi tudo aquilo que quando necessitamos, encontrávamos nele. E com suas atitudes no dia-a-dia ele firmou princípios, deixando um grande legado; o legado generosidade, da beneficência e da fraternidade”.

O principal objetivo da homenagem é valorizar o trabalho voluntário e incentivar outras pessoas a desenvolverem este tipo de atividade na cidade. 

O projeto estabelece que cada vereador poderá indicar uma única pessoa por ano  para receber a honraria. O número de medalhas por ano está limitado ao número de vereadores em exercício. 

A indicação deverá ser feita nos primeiros seis meses de cada ano através de Projeto de Decreto Legislativo onde deverão ser observadas as disposições regimentais da outorga de títulos e honrarias. Depois de aprovado, os homenageados com a medalha serão agraciados em sessão solene que deverá ser agendada pela Câmara nos anos seguintes.

A presidente da Câmara, Mari Leila Bacciotti Candido (PMDB), destacou a importância da honraria e a homenagem ao Padre Dony. “A medalha vai valorizar as pessoas que realizam um trabalho voluntário na cidade e o Padre Dony é uma dessas pessoas que merece ser lembrada pelo bem que faz ao próximo”, ressaltou.  

 

 

 

Recomendamos para você

Comentários

Assinar
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários
0
Queremos sua opinião! Deixe um comentário.x
()
x