22 de Janeiro de 2021

Dólar

Euro

Cidades

Jornal Primeira Página > Notícias > Cidades > Piracema tem redução de 24% no número de infrações

Piracema tem redução de 24% no número de infrações

06/03/2012 18h00 - Atualizado há 9 anos Publicado por: Redação
Piracema tem redução de 24% no número de infrações

Dados da Polícia Militar Ambiental revelam que houve uma redução na ordem de 24% na quantidade de pescado apreendido na região de São Carlos com o início da piracema. Época do ano em que a pesca é restringida para a reprodução das espécies nos rios e que se estendeu até 29 de fevereiro.

A PM Ambiental registrou no período da piracema, que começou em 1º de novembro de 2011, 418 autos de infração ambiental e foram apreendidos 1.859 quilogramas (kg) de peixes. No balanço da polícia, foram registradas 1.991 horas navegadas que resultaram em 27 barcos e 20 quilômetros de redes apreendidos. Todo o processo gerou R$ 702 mil em multas lavradas.

No período de quatro meses também se registrou um decréscimo de 20% no valor da multas lavradas.

Segundo o tenente da Polícia Militar Ambiental, Leandro Oliveira, a redução é fruto proposta do Comando da Unidade, que anteriormente ao período de piracema adotou uma sistemática de intensificação do patrulhamento ambiental nos rios da região.

“A campanha de conscientização de educação ambiental feita pela polícia resultou em uma redução em pescado apreendido e em valores de multas lavradas e o conseguinte aumento da consciência ambiental por parte dos cidadãos”, avaliou tenente Leandro.

A atuação do 4º Batalhão de Polícia Militar Ambiental na região de São Carlos fiscaliza os rios estaduais Jacaré Guaçu e Jacaré Pepira e no rio da União, Mogi Guaçu, sendo este último o principal foco de fiscalização.

A piracema ou o período de reprodução dos peixes é estabelecido pela lei de 2009 e a temporada é determinada pelo Ibama e Ministério da Pesca e Aquicultura – com a colaboração de órgãos estaduais de Meio Ambiente, instituições de pesquisa e associações envolvidas com atividades pesqueiras – em cada bacia hidrográfica do país.

Recomendamos para você

Comentários

Assinar
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários
0
Queremos sua opinião! Deixe um comentário.x
()
x