Cidades

Professor da USP ganha prêmio internacional


O docente do Instituto de Química de São Carlos – USP, Hamilton Varela, foi agraciado com a primeira edição do Prêmio Ertl, em reconhecimento às atividades científicas e administrativas junto ao Centro Ertl de Eletroquímica e Catálise, localizado na cidade de Gwangju, na Coreia do Sul.

Fundado e dirigido pelo Professor Gerhard Ertl, ganhador do Prêmio Nobel de Química de 2007, o Centro Ertl conta atualmente com cerca de quarenta membros de diferentes países e tem Varela como o único brasileiro entre seus membros fundadores. “O professor Dr. Gerhard Ertl fundou o Centro em 2008. Eu fiz meu doutorado dentro do instituto que ele tomava conta e, pelo fato de já me conhecer, ele me convidou para fazer parte da equipe. Em 2010, eu fui chamado para exercer um cargo gerencial na área de Cinética Complexa”, afirma.

Apesar de não ser o primeiro prêmio internacional do seu currículo, já que, em 2001, o professor recebeu o Skinner Prize da Sociedade Real Inglesa (English Royal Society), durante seu doutorado em Ciências Naturais pela Universidade Livre de Berlim, Varela mostra-se lisonjeado. “Esse prêmio para mim é bastante importante. É a primeira edição dele, então não sabemos onde isso vai dar, mas é extremamente gratificante, pois leva o nome de uma pessoa que eu admiro muito. Não só na área científica, mas Ertl é o maior exemplo que eu tenho de gestão em ciência, de uma grande liderança. Além de, claro, ter recebido o prêmio mais importante da área de química”, ressalta.

Segundo Varela, a criação do Centro Ertl tem como objetivo transformá-lo num centro de excelência internacional, que envolva pesquisadores de diversas partes do mundo, a fim de incrementar a troca de experiências e estudos, o que só trará benefícios à ciência. “A parte de pesquisa no Brasil é muito importante e isso aumenta nossa conexão com o mundo. Nós chegamos a um nível muito bom de universidades, como é o caso da USP, e precisamos internacionalizar nossas investigações e receber contribuições de pessoas de fora também. Trago gente para cá, levo pessoas para lá. Esse intercâmbio é essencial para o desenvolvimento de novas pesquisas. Quanto mais pessoas de fora contribuindo com a gente, melhor”, conclui o docente.

A cerimônia de entrega do prêmio acontecerá entre os dias 24 e 27 de junho deste ano em Stuttgart, na Alemanha, durante o 2º- Simpósio sobre Química de Superfície e Interface no qual ambos, Varela e Ertl, ministrarão palestras.

comments icon0 comentários
bookmark icon

Write a comment...

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *