Santa Casa lotada vive noite de limite máximo no atendimento e HU vazio

15 de junho de 2019


Durante a noite de sexta-feira (14) e madrugada deste sábado (15) a Santa Casa de São Carlos viveu o seu limite máximo de atendimento no Serviço Médico de Urgência (SMU). A correria pelos corredores para conseguir todos os pacientes que chegavam era imensa. A superlotação doSMU foi uma das maiores que jáaconteceu, segundo informações apuradas pelo Primeira Página. Enquanto isso, o Hospital Universitário estava vazio.
Um determinado momento haviam 7 pacientes na urgência clínica, sendo 5 intubados, mais 4 na sala de urgência cirúrgica, sendo dois deles também intubado, além de centenas de pessoas aguardando o atendimento, estas com classificação de menor risco.
Enquanto isso, o Hospital Universitário (HU),ligado a Universidade Federal de Sâo Carlos, e que só atende por encaminhamento estava praticamente vazio,com poucos pacientes. O Primeira Página teve acesso a fotos do HU que comprovam os fatos.
Não é de hoje que a Santa Casa de São Carlos e as Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) trabalham no seu limite e a situação piorou quando o Hospital Universitário passou a trabalhar de forma referenciada, ou seja, para ser atendido no HU é necessário encaminhando da UPA ou UBS. O hospital, que recebeu e recebe milhares de reais do dinheiro público, dinheiro pago pelo contribuinte através de impostos, não atende casos de urgência e emergência. (Texto Jeferson Vieira)

comments icon 0 comentários
bookmark icon

Write a comment...

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *