Cidades

São Carlos ainda tem 2.500 doses da vacina contra a gripe


A Vigilância Epidemiológica de São Carlos informa que ainda estão disponíveis na rede municipal de saúde 2.500 doses da vacina contra a gripe referentes a 21ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza. As doses foram distribuídas nas 12 Unidades Básicas de Saúde e nas 22 Unidades de Saúde da Família.

A cobertura vacinal contra a influenza em São Carlos, considerando todos os grupos prioritários, durante o período oficial da campanha, ou seja, de 10 de abril a 31 de maio, foi de 65,16%, sendo que 15.006 crianças receberam a imunização (89,02%), 1.459 gestantes (62,06%), 6.728 trabalhadores da saúde (85,88%), 356 puérperas (91,99%), 3.916 professores (118,27%), 11.973 doentes crônicos (55,52%) e 27.118 doses foram aplicadas em idosos (92,68%). Também foram aplicadas 83 doses em funcionários do sistema prisional, 94 em pessoas privadas de liberdade, 410 em policiais e 121 em indígenas.

Após a liberação para a população em geral foram aplicadas mais 15.302 doses, aumentando a cobertura para 81,67%. No total foram aplicadas até o momento 82.568 doses contra a influenza.

Segundo dados da Vigilância Epidemiológica aproximadamente mil crianças também não receberam a segunda dose da vacina contra a gripe. Devem ser novamente imunizadas crianças de 6 meses a menores de 9 anos que receberam a vacina contra a gripe pela primeira vez. A Vigilância orienta para que os pais não deixem atrasar a segunda dose, pois somente após essa segunda dose a criança ficará totalmente protegida contra as complicações do vírus Influenza, causador da gripe. As doses para essas crianças estão separadas das disponíveis para a população em geral.

“A vacina contra gripe é segura e reduz as complicações que podem produzir casos graves da doença, internações ou, até mesmo, óbitos”, ressalta Kátia Spiller, supervisora da Vigilância Epidemiológica de São Carlos lembrando que terminando as doses que estão nas unidades, termina a vacinação.

São Carlos já teve 1 caso confirmado para Influenza A, H1N1 em 2019. Ano passado 7 casos foram confirmados (positivos) para influenza e registrados 3 óbitos.

comments icon0 comentários
bookmark icon

Write a comment...

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *