11 de Abril de 2021

Dólar

Euro

Cidades

Jornal Primeira Página > Notícias > Cidades > São Carlos segue na fase vermelha do Plano São Paulo

São Carlos segue na fase vermelha do Plano São Paulo

A ocupação de leitos de UTI/Covid está acima de 80%

26/02/2021 13h06 - Atualizado há 1 mês Publicado por: Redação
São Carlos segue na fase vermelha do Plano São Paulo Foto: Divulgação / Governo de São Paulo

O Governo do Estado anunciou a reclassificação do Plano São Paulo nesta sexta-feira (26) e manteve a DRS-3, Regional de Araraquara, na fase vermelha. Sendo assim, São Carlos continua na fase vermelha do Plano São Paulo.

A ocupação de leitos de UTI/Covid está acima de 80%. De acordo com as normas do Plano São Paulo, acima de 75% a regional é colocada na fase vermelha. A quantidade de novos casos por 100 mil habitantes nos últimos 14 dias está em 473,4, e os óbitos a cada 100 mil habitantes nos últimos 14 dias está em 10,7, muito acima dos limites estabelecidos para migrar para a fase laranja (360 e 8, respectivamente). Da mesma forma, as internações por 100 mil habitantes estão em 78,9 acima do limite de 60 para a fase laranja.

REGRAS- Na fase vermelha, é permitido o funcionamento apenas dos serviços essenciais, como farmácias, mercados e supermercados, padarias, açougues, bancas de jornal, postos de combustíveis, transporte coletivo (ônibus, trens e metrôs), hotéis e pousadas, bancos (inclusive lotéricas), lavanderias, serviços de limpeza, pet shops, serviços de segurança pública e privada, meios de comunicação social (sites, jornais e emissoras de rádio e televisão), serviços de call center,  atividades de indústria e construção civil, bancas de jornais, assistência técnica de aparelhos eletroeletrônicos e celulares, locadoras de veículos, aplicativos de transporte, táxis e estacionamento.

Sobre as aulas presenciais, o protocolo da fase Vermelha estabelece o revezamento das turmas com até 35% da capacidade, similar ao da fase laranja. Desta forma, segue como já vinha sendo feito desde o início do mês.

É proibido o funcionamento de comércio de rua e shoppings, bares e restaurantes, salões de beleza, cabeleireiros e similares, escritórios, academias e centros esportivos e atividades culturais, assim como qualquer tipo de aglomeração.

LOCKDOWN NOTURNO-As cidades de São Paulo entrarão em lockdown, entre 23 horas e 5 horas, para frear o avanço da covid-19. A ideia foi defendida na terça-feira, 23, em reunião com o Centro de Contigência da Covid-19. Nesta semana, o Estado de São Paulo atingiu seu maior número de internações em UTI desde o início da pandemia. A medida vale a partir desta sexta-feira (26), com validade até o dia 14 de março.

A situação do interior é a que mais preocupa. Algumas cidades, por causa do aumento da pandemia e do colapso no sistema de saúde, decretaram lockdown para tentar reduzir a transmissão do vírus. Araraquara é um dos municípios que fecharam tudo – incluindo supermercados – para tentar conter a contaminação. Na cidade, 98% dos leitos estão ocupados.

Recomendamos para você

Comentários

Assinar
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários
0
Queremos sua opinião! Deixe um comentário.x
()
x