Cidades

Subcomitê de Assistência Social arrecada mais de 250 kg de alimentos


A campanha de arrecadação de alimentos e produtos de higiene do Subcomitê de Assistência Social, formado por 4 entidades empresariais de São Carlos, resultou na doação de mais de 250 kg de alimentos não perecíveis e cerca de 30 litros de leite, além de produtos de higiene. Os itens foram entregues ao Centro de Direitos Humanos de São Carlos.
Fernando Oliveira, diretor do Centro de Direitos Humanos, disse que o Centro direciona as doações para os grupos vulneráveis da cidade. ““Aqui nós fazemos o direcionamento das doações para grupos vulneráveis específicos, como LGBT, refugiados, catadores individuais e demais demandas que surgem. E nesse momento vivemos uma situação atípica, porque além da questão de saúde pública, existe um problema social grave, em função do aumento do desemprego, então, naturalmente acabamos atendendo um número bem maior de pessoas”, explicou.
As famílias que procuram pelo benefício são encaminhadas para a Secretaria Municipal de Cidadania e Assistência Social, onde passam por triagem para identificar o perfil sócio-econômico e as necessidades. Segundo a secretária, Graziela Cristiane Solfa Marques, antes da pandemia, eram atendidas cerca de 350 pessoas por mês; atualmente, são quase 60 pessoas por dia.
“Com certeza esse momento é de gratidão e é também uma oportunidade para que a nos fortaleçamos enquanto comunidade. Com essas parcerias esperamos conseguir atender muito mais pessoas; não só aqueles que já vínhamos atendendo, que é o público em situação de ampla vulnerabilidade, mas também aqueles que perderam sua capacidade de renda, como pequenos comerciantes, ambulantes ou pessoas ligadas a negócios que não podem ser realizados por enquanto, como os produtores de shows, por exemplo, entre outros,” afirmou Glaziela.
A secretária lamentou a situação por que passam tantas pessoas e disse estar empenhada para reunir forças e amenizar o problema de tantas famílias. “Existe uma gama de pessoas que infelizmente estão passando por essa triste situação e precisaremos ser muito criativos para estimular tanto a retomada da economia, quanto a vida dessas pessoas, até que possam voltar à normalidade”, ressaltou.
Composto pelo Ciesp, Acisc, OAB e Sincomércio, o Subcomitê de Assistência Social deve iniciar outras campanhas nos próximos dias. “Estamos conversando no sentido de nos unirmos às campanhas existentes do município para, realmente, unirmos nossas forças para amenizar os problemas econômicos, em especial desses trabalhadores que estão perdendo sua capacidade produtiva devido ao momento”, sinalizou o vice-diretor do Ciesp São Carlos, Marcos Henrique dos Santos.
O próximo passo deve ser a arrecadação para a Campanha do Agasalho. “Mas nossa intenção é prorrogar a arrecadação de mantimentos, afinal, essa é uma demanda mensal. O alimento acaba e, muitas vezes, as famílias não têm como repor, então, nesse momento, quanto mais conseguirmos ajudar, melhor será”, comentou Marcos.

comments icon0 comentários
bookmark icon

Write a comment...

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com