UPAs lotam e problema está na saúde básica

11 de junho de 2019


Mais uma vez quem precisou das UPAs de São Carlos passaram sufoco. Na segunda-feira (10) e hoje o grande número de pessoas chamou a atenção. Na Unidade da Pronto Adentimento da Vila Prado o número de pacientes na espera superava 130. A demora era de aproximadamente 3 horas para atendimento, em alguns casos.
A dona de casa Rubia Oliveira, 32, estava com seu bebê de quatro meses e aguardava atendimento. “Estou aqui a pelo menos uma hora e ninguém me chamou e meu filho está com febre”, disse.
O operário Carlos Alberto acompanha a mãe, uma senhora de 83 anos. “Está dificil. O atendimento é precário e está demorando muito. Mas não temos outra opção. Somos obrigados a esperar”, contou.
Uma mulher que estava com seu filho de 12 anos também se revoltou. Ela pediu para não ser identificada. “Estou com meu filho com suspeita de dengue. Ele esta quente, ruim, muito ruim. Estou esperando há mais de 1h30 e não chamaram nem no acolhimento. Mas olha que bonito o Guarda e a moça ali em cima dando risadas”, desabafou. A mulher se referia ao GM que estava de plantão e a chefe da unidade, que conversam no andar superior.
SAÚDE – A secretaria de Saúde de São Carlos informou que o alto número de pacientes nas UPAs acontecem por uma falha no sistema básico. Faltam médicos e por este motivo os pacientes procuram o setor de urgência e emergência. A secretaria informou que está com concurso público em andamento para a contratação de médicos.

2 recommended
comments icon 0 comentários
bookmark icon

Write a comment...

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *