Vanderlei Bagnato é homenageado pelo Projeto Ciência nas Escolas

15 de março de 2019


O Projeto Ciência nas Escolas, uma realização da Prefeitura de São Carlos, por meio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, Ciência, Tecnologia e Inovação e Diretoria Regional de Ensino, homenageou nesta quinta-feira, 14, na Escola Estadual Juliano Neto, o professor e cientista Vanderlei Salvador Bagnato.
O objetivo do projeto é difundir o conhecimento da ciência nas escolas e em espaços educacionais. Por meio de pôsteres são apresentados temas voltados para o meio ambiente, vida saudável, desenvolvimento sustentável, além de homenagear cientistas brasileiros e estrangeiros, mundialmente conhecidos.
“Por meio desse projeto disponibilizamos para as escolas de ensino fundamental e ensino médio, informações sobre temas fundamentais nas mais variadas áreas da ciência. Hoje foi a vez dos alunos da Escola Estadual Juliano Neto conhecer o trabalho desenvolvido na área da Física Atômica pelo professor Bagnato, com a abertura do espaço com seu nome destinado ao projeto. A nossa intenção e criar esse ano outros 20 espaços do projeto, sendo em 10 em escolas estaduais e 10 em escolas municipais. Essa geração precisa conhecer nomes que fazem história na ciência”, afirmou José Galizia Tundisi, secretário de Meio Ambiente, Ciência, Tecnologia e Inovação.
Para a Dirigente Regional de Ensino, Débora Gonzales Costa Blanco, essa é a terceira escola estadual que recebe o Projeto Ciência. É muito importante que nossos alunos tenham a oportunidade de conhecer pessoalmente um cientista com tantas contribuições para a humanidade, portanto nada mais justo que homenagea-lo com esse espaço escolar. Ele é um exemplo que por meio da educação tudo é possível”.
Para Bagnato o projeto é muito importante. “Somos pessoas reais que lutamos como esses alunos. A minha trajetória foi bem parecida, frequentei o pátio dessa escola quando era moleque, jogava futebol aqui, estudei em escola pública. Acredito que temos que dar a nossa contribuição, temos que mostrar para esses jovens que é preciso determinação, que nada é fácil, que o caminho mais fácil necessariamente não é o melhor. Eles podem ter a mesma oportunidade que eu tive”, disse o cientista.
Vanderlei Salvador Bagnato concluiu simultaneamente Bacharelado em Física – USP, e Engenharia de Materiais – UFSCar em 1981 e realizou o doutorado em Física – Massachusetts Institute of Technology – MIT em 1987. Atualmente é professor titular da Universidade de São Paulo, e diretor do Instituto de Física de São Carlos. Publicou cerca de 700 artigos em periódicos especializados. Possui 29 capítulos de livros e 7 livros publicados. Orientou mais de 100 teses entre mestrado e doutorado, nas áreas de Física, Odontologia e Medicina. Recebeu diversos prêmios e homenagens. Atua na área de Física Atômica e Aplicações da Óptica nas Ciências da Saúde. Trabalha com átomos frios, Condensados de Bose-Einstein e ações fotodinâmicas em câncer e controle microbiológico. É membro da Academia Brasileira de Ciências, The Academy of Sciences for the Developing World, da Academia Pontifícia de Ciências do Vaticano, e da National Academy of Sciences (USA). Coordena um Centro de Pesquisa, no qual ciências básicas e aplicadas convivem em harmonia. Realiza diversas atividades de Inovação Tecnológica e difusão de ciências.
Simone Botega Xavier, diretora do Departamento de Políticas para Desenvolvimento da Ciência, Tecnologia e Inovação da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, Ciência, Tecnologia e Inovação também participou da solenidade, além de diretores, professores e supervisores da Escola Juliano Neto.

3 recommended
comments icon 0 comentários
bookmark icon

Write a comment...

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *