22 de Janeiro de 2021

Dólar

Euro

Cidades

Jornal Primeira Página > Notícias > Cidades > Vazamento de gás gera tensão na Vila Prado

Vazamento de gás gera tensão na Vila Prado

06/03/2012 21h23 - Atualizado há 9 anos Publicado por: Redação
Vazamento de gás gera tensão na Vila Prado

Os moradores da Vila Prado passaram por um grande susto na tarde de ontem. Um vazamento de gás fez com que o Corpo de Bombeiros evacuasse a região, retirasse famílias e mais de 300 alunos do Sesi 106. Durante a manutenção da rede de esgoto, um operador do Saae (Serviço Autônomo de Água e Esgoto) rompeu uma tubulação de gás na rua Dr. Gastão de Sá, esquina com a rua Ananias Evangelista de Toledo, conhecida como travessa Quatro.

Uma forte explosão assustou os moradores. Um cheiro forte de gás invadiu casas e as salas de aula da escola que ficam na esquina do cruzamento. As crianças foram levadas às pressas para o interior da Igreja Santo Antônio de Pádua. Uma grande correria se formou para que todas as pessoas, em um raio de 200 metros, fossem retiradas de suas casas. O rompimento e a explosão ocorreram por volta das 14h20.

A vendedora Juliana Muniz, 27, afirmou que a explosão assustou a todos que estava em sua loja que fica apenas a 50 metros do local. “Parecia uma bomba, de repente um cheiro forte de gás e os trabalhadores do Saae saíram correndo”, conta.

“Nós ouvimos um barulho enorme. Saímos para fora e vimos a fumaça. Eu pensei que fosse poeira, mas quando senti o forte cheiro de gás, fiquei com medo”, disse a aposentada Neusa de Arruda.

De acordo com os trabalhadores do Saae que se encontravam no local, quando a rede de gás foi instalada, ela passou por dentro do cano do esgoto. Com o tempo, a sujeira acumulou e na segunda-feira (5) causou o refluxo em uma casa do bairro.

Como a mangueira que faz o serviço de limpeza não passou pelo local, uma máquina retroescavadeira foi usada, mas acabou estourando o cano de gás. O gás ficou vazamento por cerca de 40 minutos até a chegada de uma equipe da empresa Gás Brasiliano.

O sargento do Corpo de Bombeiro, Marcos Antonio Del Ponte, disse que ao chegar ao local a primeira providência foi isolar e evacuar a área. Os alunos do Sesi 106 e moradores só puderam retornar para as suas casas duas horas depois o incidente.

 

REDE BRASILIANO – A reportagem do Jornal Primeira Página enviou e-mail para a assessoria de imprensa da Rede Brasiliano, responsável pela tubulação de gás, questionando a demora na chegada da equipe, porém não obtivemos resposta. Para a EPTV, a empresa disse apenas que irá verificar se há problemas na rede e que somente às 19h30 de ontem o fornecimento do gás seria restabelecido para cerca de 25 casas da rua Gastão de Sá.

Recomendamos para você

Comentários

Assinar
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários
0
Queremos sua opinião! Deixe um comentário.x
()
x