Cidades

Vigilância Epidemiológica explica como atua em casos suspeitos e confirmados em Itirapina


Itirapina tem até o último boletim da Vigilância Epidemiológica divulgado na última sexta-feira (26), 26 casos confirmados do novo coronavírus

Itirapina possui um total de 84 notificações desde o primeiro boletim informativo do novo coronavírus (COVID-19) publicado em 21 de março deste ano, relembrando que notificações é a soma de todos os suspeitos em investigação, mais os casos confirmados e descartados, óbitos em investigação e confirmados. Até o fechamento desta edição, o município contabilizava 41 casos descartados, 20 suspeitos em investigação, nenhum óbito em investigação e nem confirmado, 06 casos confirmados em recuperação e 17 casos confirmados recuperados e que não apresentam mais risco de transmissão, que totaliza 23 casos confirmados até o momento.

De acordo com a Enfermeira Egliane Afonso, coordenadora do setor de Vigilância Epidemiológica da Secretaria Municipal da Saúde, quando há um caso suspeito ou confirmado, a pessoa é imediatamente colocada em isolamento social, exatamente para evitar transmitir o vírus para outras. “Também assina um ‘termo de ciência e responsabilidade’, ficando a par de todos os cuidados pessoais e coletivos que irá ter de tomar e as restrições impostas, sob pena de ter de responder judicialmente, em caso de descumprimento”, explicou.

Monitoramento

A partir daí, segundo Egliane, dependendo do quadro clínico, a pessoa segue para internação ou fica em isolamento social (dentro de casa) e, tanto ela como as demais que convivem com ela, passam a ser monitoradas pela equipe da Vigilância Epidemiológica. “Quando sai os resultados dos exames, entramos em contato com a pessoa e familiares e instruímos a todos. ”

Denúncias

Uma situação que tem causado certa confusão entre os populares, relatada pela coordenadora Egliane, é quanto denúncias de atos que depõem contra a saúde pública. “Pessoas sem máscaras, aglomerações em locais públicos, circulação de pessoas que deveriam estar cumprimento o isolamento, as denúncias devem ser feitas diretamente no 190 (discagem direta gratuita da Polícia Militar). Já quando há pessoas sem máscaras, aglomerações e desrespeito às normas de segurança sanitária em estabelecimentos comerciais e de serviços, a denúncia deve ser feita na Vigilância em Saúde pelo telefone (19) 3575-3931”, esclareceu.

Proteção

A Secretaria Municipal da Saúde reitera para que a população evite aglomerações, saia de casa apenas se necessário e se sair use máscara, tome os devidos cuidados de higiene e siga as orientações amplamente divulgadas no site (www.itirapina.sp.gov.br) e Facebook (Prefeitura Municipal de Itirapina) oficiais e nos demais meios de comunicação local, regional e nacional. Os boletins COVID-19 também são atualizados diariamente, exceto nos finais de semana, e podem ser acessados pelos meios oficiais.

comments icon0 comentários
bookmark icon

Write a comment...

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com