Cultura

“Arena Móvel das Artes” leva teatro, circo, dança e diversão para o Planalto Verde


A Prefeitura de São Carlos, por meio da Secretaria de Esportes e Cultura, fez uma avaliação positiva dos três dias de atividades durante a primeira edição do projeto “Arena Móvel das Artes” realizado de 11 a 13 de outubro no bairro Planalto Verde.

Além da participação da maioria dos moradores, principalmente crianças e jovens do próprio Planalto Verde, muitas pessoas do Cidade Aracy, Antenor Garcia, Presidente Collor, Zavaglia e Eduardo Abdelnur, bairros também localizados na região sul de São Carlos, prestigiaram as atividades.

A programação começou na sexta feira (11/10) com a Estação do Circo que ofereceu oficinas para as crianças. Neste mesmo dia a população teve a oportunidade de assistir vários curtas de animação e o espetáculo “Pocket Show”.

No sábado (12/10), feriado nacional em comemoração a Nossa Senhora Aparecida e Dia das Crianças, a participação popular foi maior ainda. As atividades tiveram início com a oficina de dança de rua com o grupo “Performance de Rua, seguiu com o show de mágica com “Gabriela Magic” e o espetáculo do “Do Hip Hop às Danças Urbanas”.

“Eu achei bem legal porque na maioria das vezes não tem quase nada aqui, então é bom a gente ter a chance de ter alguma coisa aqui no bairro. Achei muito legal porque eles trataram a gente muito bem,  ensinaram várias coisas do circo, da dança e à noite  assistimos um grande espetáculo. Foi tudo mundo legal”, disse Camilly Cristine Tannazi dos Santos, de 10 anos, moradora do Planalto Verde.

“É uma coisa que eu gosto de fazer bastante e eu quero levar como carreira. Não danço outros tipos de dança, só o hip Hop. Eu acho bem importante porque a gente tem mais conhecimento sobre a dança e é bom a pessoa saber mais. Ficar mais ligado no que está acontecendo”, acredita a pequena Amanda que participou da oficina de dança de rua.

“Para nós é uma honra estar aqui, o nosso projeto existe há 28 anos levando a dança para quem não tem condição de pagar, portanto o projeto “Arena Móvel das Artes” também nos proporciona isso, que é mostrar o nosso trabalho não somente no centro da cidade mas também nos bairros mais distantes. É muito complicado para eles ir até o centro para conseguir as coisas. Então é de extrema importância trazer a arte. A arte é muito importante na vida do jovem, para que ele ou ela passem a ter confiança, autoestima. Eles se encontrarem como pessoas, e adquirem outro tipo de comunicação. Com a dança, muitas portas se abrem”, avalia Carol Berto, do grupo Performance de Rua.

De acordo com o secretário de Esportes e Cultura, Edson Ferraz, o projeto é uma releitura da “Tenda Móvel de Teatro”, desenvolvido anteriormente pela Prefeitura de 2007 a 2012. A “Arena Móvel das Artes” surgiu com o mesmo objetivo que é levar cultura a todas as regiões da cidade. Essa foi a primeira edição, porém no próximo ano vamos continuar com essa maratona cultural, beneficiando outras regiões da cidade. Não vamos fazer agora em novembro porque já temos uma longa programação com diversas atrações culturais no mês do aniversário de São Carlos. Em dezembro temos a programação natalina, por isso optamos por retomar o projeto em 2020”, finaliza o secretário Ferraz, que acompanhou todas as apresentações durante os três dias de atividades no Planalto Verde.

“A nossa primeira experiência com o ‘Arena Móvel das Artes’  foi muito gratificante. No circo, na mágica, na dança, na música e no cinema, os moradores receberam muito bem os artistas. É muito gratificante ver a alegria das crianças, o entusiasmo dos jovens e a satisfação dos adultos. Em 2020 vamos levar o projeto para outros bairros, sempre para os que ficam mais distantes do centro. Foi sensacional para quem trabalhou e para quem desfrutou de uma programação variada culturalmente”, avalia o diretor de Cultura, Carlos Alberto Caromano.

No domingo (13/10) a primeira edição do Arena Móvel das Artes presenteou o público com a oficina de teatro com o grupo de palhaços Tópatu; apresentação musical com Sweet Harmony e apresentação do espetáculo “Entre Acordes e Desordens” com o Tópatu.

comments icon0 comentários
bookmark icon

Write a comment...

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *