18 de Setembro de 2020

Dólar

Euro

Cultura

Jornal Primeira Página > Notícias > Cultura > Biografia de artista plástica é readaptada para o teatro

Biografia de artista plástica é readaptada para o teatro

05 de Março de 2014 às 22:39 Publicado por: Redação
Biografia de artista plástica é readaptada para o teatro

Nascida em São Carlos a artista plástica Daniela Caburro faz parte do grupo de pessoas que superam seus limites para alcançar seus objetivos.

 

Aos oito meses de idade, Daniela teve paralisia infantil, deixando-a tetraplégica e desde então vive em uma cadeira de rodas.  

Mesmo com as limitações físicas, a artista não se curvou diante dos desafios e ao invés de se deixar levar pela negatividade, fez com que sua vida tomasse outro rumo: a superação.

Daniela, que pinta com a boca, ou seja, utiliza a boca como suporte para o pincel, mostra sua motivação e prova que a capacidade depende exclusivamente da força de vontade e da fé em si mesmo, mostrando a todos que sempre é possível realizar e criar, mesmo diante da adversidade e obstáculos, pois os sonhos e desejos são maiores que a deficiência. “Nunca deixei a deficiência me impedir de viver. Com muita fé e ajuda de familiares, amigos e da artista Mara Toledo, pude buscar a arte, que sempre foi meu sonho”, agradece.

Hoje, aos 42 anos de idade, a artista tem trabalhos divulgados em vários países e integra a Associação dos Pintores com a Boca e os Pés, com sede na Suíça. Sua trajetória de lutas saiu das telas e foi narrada no livro biográfico “Menina de Arte”, escrito pela jornalista Hebe Rios. Quase dois anos depois do lançamento, a obra foi readaptada para o teatro, onde o público pode acompanhar Daniela no elenco em sua história de vitórias sucessivas.

 

O ESPETÁCULO

A peça está em cartaz neste sábado (8), às 20h, no Teatro Florestan Fernandes na UFSCar.

O ator e diretor teatral, Larte Asnis, pretende mostrar na peça a essência da vida da protagonista, onde as cenas são baseadas nas passagens mais representativas da vida de Daniela. “Não encenamos o texto literário, pois pretendemos que o público, após assistir a apresentação, se sinta motivado a querer ler o livro na íntegra, ou seja, nosso objetivo é criar no espectador o desejo de criar em si mesmo o hábito da leitura”.

Para Daniela encenar no espetáculo de sua própria biografia, é muito emocionante. “Sempre quis fazer teatro e quando o Laerte me convidou para atuar, fiquei muito emocionada. Vivenciar isso é realizar mais um sonho em minha vida”.

 

Serviço

Menina de Arte

Sábado, às 20 horas

Teatro Florestan Fernandes – UFSCar

Rodovia Washington Luiz, Km 235 – Vila Marina
Entrada: 1kg de alimento não perecível

Recomendamos para você

Comentários

Assinar
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários
0
Queremos sua opinião! Deixe um comentário.x
()
x