Dupla de Jaú vence o Festival Pardinho

28 de agosto de 2019


A final do “I Festival Pardinho de Sertaneja Raiz” Edição 2019 foi marcada por emoção, homenagens e boa música na tarde deste domingo (25/8), no Teatro Municipal “Dr. Alderico Vieira Perdigão”.

Com a presença da família do Pardinho, esposa e filhos, e um grande público, a final do Festival contou com a apresentação das dez duplas finalistas e os shows com Peão Dourado e Paraense e Carreiro e Pardinho Filho.

A dupla Célio e Leandro, de Jaú, interpretando a música Aquarela Sertaneja, de Tião Carreiro e Pardinho, conquistou o primeiro lugar no Festival. “Estamos muito satisfeitos, cantamos com grandes artistas e intérpretes da música sertaneja, cantores de alto nível e estamos contentes de ter participado e ganho esse título”, contou o cantor Célio. Para seu parceiro, Leandro, “a realização do festival é bastante importante porque resgata a música sertaneja raiz num cenário musical não muito positivo, resgata o que vem da nossa raiz, as tradições da nossa música”, disse ele.

Fernando Henrique e Gabrielly, de Porto Ferreira, ficaram em segundo lugar e a dupla formada por Valdir Viola e Demazinho, Ribeirão Preto, ficou em terceiro lugar.

Como sucesso da 1ª edição do Festival, o secretário de Esportes e Cultura, Edson Ferraz, garantiu que outras edições virão. “O Festival foi realizado para a valorização da música sertaneja raiz e do grande músico são-carlense, Pardinho, que formou dupla com o Tião Carreiro e levou o nome da música sertaneja, aos quatro cantos do país e até fora do país, até nos dias de hoje ainda é ouvido em muitas residências. Esse é o primeiro de muitos que vem por aí, dando oportunidade aos músicos da cidade e região”, informou.

 Homenagem ao Pardinho – O “I Festival Pardinho de Sertaneja Raiz de São Carlos” – Edição 2019 foi idealizado pela Secretaria de Esportes e Cultura em homenagem ao violeiro Pardinho (Antônio Henrique de Lima), nascido em São Carlos, em 14/08/1932, com o objetivo de divulgar, valorizar e fomentar a cultura e a música sertaneja raiz.

A esposa de Pardinho, Lucília de Lima, agradeceu a participação das duplas e falou sobre o carinho com São Carlos. “Agradeço as duplas que vão cantar, que estão participando de um festival que leva o nome do meu marido, que Deus abençoe todos. Pardinho tinha um carinho muito grande pela cidade, passamos a nossa lua de mel aqui, viemos de trem”, disse ela.

“Eu sinto um carinho enorme por São Carlos, pois todo anos, no aniversário do meu pai em agosto, a cidade organiza uma homenagem para ele. Meu pai tinha o maior orgulho de ter nascido em São Carlos, ele sempre brincava que tinha nascido na melhor cidade do Brasil. E nós fazemos questão de estar presente em todas as homenagens”, disse Rosangela Aparecida de Lima, filha do Pardinho.

O show de encerramento foi com a dupla Carreiro e Pardinho Filho.  Pardinho Filho comentou sobre a importância da realização de um festival. “O Festival é um resgate da cultura caipira e por ser filho do Pardinho eu fico muito feliz. Meu pai nasceu aqui, gostava da cidade, vinha muito pra cá, temos amigos aqui e foi uma surpresa muito boa, eu só tenho que agradecer a Prefeitura. Acho fundamental promover eventos que valorizem a cultura caipira da viola e violão e trazer ao palco gente com talento”, falou Pardinho.

O Festival Pardinho foi realizado em duas etapas. A primeira seletiva, com a participação de 15 duplas, foi realizada no dia 4 de agosto classificando 10 duplas para a final.

comments icon 0 comentários
bookmark icon

Write a comment...

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *