Cultura

Etapa Classificatória do Festival Pardinho acontece no próximo domingo


Neste domingo (4/8), a partir das 13h, acontece no CEMAC (Centro Municipal de Artes e Cultura) a etapa classificatória do I Festival Pardinho de Sertaneja Raiz de São Carlos, Edição 2019. Quinze duplas irão participar do evento que é aberto ao público.
O Festival é uma realização da Prefeitura de São Carlos, por meio da Secretaria de Esportes e Cultura, em homenagem ao violeiro Pardinho (Antônio Henrique de Lima), nascido em São Carlos, e visa divulgar, valorizar e fomentar a cultura e a música sertaneja raiz.
Dez duplas serão selecionadas para a final. O resultado dessa etapa será divulgado no mesmo dia, após as apresentações. A grande final será no dia 25 de agosto, a partir das 15h, no Teatro Municipal. As três melhores duplas receberão prêmios em dinheiro.
Encontro de Violeiros – No último domingo (25/7), a Secretaria de Esportes e Cultura, com produção e organização do produtor musical Miltinho Carvalho, realizou dentro do Circuito Arena, o Encontro de Violeiros. Durante mais de quatro horas, o público pode acompanhar uma série de apresentações de artistas da cultura sertaneja raiz, entre eles os Defensores da Catira de Santa Eudóxia, Peão Dourado e Paraense, Valdir Viola & Demazinho.
QUEM FOI PARDINHO
Pardinho nasceu em São Carlos na Fazenda São Joaquim. Logo depois, se mudou para a Fazenda Figueira Branca. “Na época da colheita do café havia muita festa e na fazenda Figueira Branca meu pai ganhou um cavaquinho, com 12 anos mais ou menos”, contou Carlos Henrique seu filho.
Pardinho começou cantando com o nome de Miranda e formou uma dupla com Zé Carreiro (da dupla Zé Carreiro & Carreirinho) em 1956, para concorrer a um concurso para violeiros lançado pela rádio Tupi. A dupla ganhou o prêmio com o cururu “Canoeiro”. A partir daí, Antonio Henrique adotou o pseudônimo de Pardinho e começou a criar seus próprios sucessos. Pardinho fez sucesso com o companheiro Tião Carreiro com a dupla Tião Carreiro & Pardinho. A discografia de Pardinho e Tião Carreiro soma mais de 45 discos, encontrados facilmente em qualquer loja de discos do Brasil. Pardinho também cantou com outros parceiros, como Zé Carreiro (Lúcio Rodrigues de Souza), Peão Carreiro (Manoel Nunes Pereira), João Mulato (Wilson Leôncio de Melo) e Pardal (Gonçalo Gonçalves), com o qual gravou 7 discos, incluindo o disco “4 Azes”, no qual também participam Tião Carreiro e Paraíso. Se destacam entre as suas músicas a trilogia do “Menino da Tábua”, que conta a história de um menino que só bebia leite e água em cima de uma tábua onde vivia e suas continuações, que fala de seus milagres depois da morte. Pardinho e Pardal também gravaram a música “O Poder da Viola”, que conta a história de uma menina que recebeu várias picadas de aranha enquanto dormia e se salvou depois de ser benzida à toque de viola. A dupla gravou também a música “Sertão do Virador”, de Zé Fortuna e Pitangueira, com o nome de “O Poder da Fé”, no disco “O Poder da Viola” (1980).
Embora tenha se mudado muito jovem de São Carlos, entre 13 e 14 anos, Pardinho sempre visitava a cidade no dia 15 de agosto, pois era devoto de Nossa Senhora Aparecida da Babilônia. Em janeiro de 1963, casou-se com Lucília Pires de Lima, e o casal passou a lua-de-mel no município. Tiveram dois filhos, Carlos Henrique e Rosângela Aparecida de Lima, que lhes deram duas netas, Lívia e Daniele de Lima.
Homenagem
Na noite de 14 de agosto de 2007, dia em que completaria 75 anos, Antonio Henrique de Lima, o músico Pardinho, foi homenageado com a inauguração de um parque que leva seu nome. Um show com apresentações de 15 duplas de viola e do músico Mazinho Quevedo ao lado de Carlos Henrique, filho de Pardinho marcou o evento. São-carlense, Pardinho é reconhecido como um dos maiores músicos do país.
No parque, localizado no início da serra do Cidade Aracy, no bairro Monte Carlo, possuindo 15 mil m², foi erguido um monumento em homenagem ao músico, projetado e confeccionado pela cenógrafa Sueli Russo Paes de Barros, chefe da Divisão de Teatro da Prefeitura do município.

comments icon0 comentários
bookmark icon

Write a comment...

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *