4 de Março de 2021

Dólar

Euro

Cultura

Jornal Primeira Página > Notícias > Cultura > Pré-adolescentes trocam bonecas por salão de beleza

Pré-adolescentes trocam bonecas por salão de beleza

15/12/2011 11h03 - Atualizado há 9 anos Publicado por: Redação
Pré-adolescentes trocam bonecas por salão de beleza

Atualmente, pré-adolescentes da faixa dos 12 anos ir ao salão de beleza fazer escova e as unhas é só o básico. A nova geração de vaidosas começa cedo a procurar o cabeleireiro, as clinicas de estética e até a cirurgia plástica.

Com os estímulos vindos da televisão, da internet, revistas, outras crianças e até das mães torna-se cada vez mais comum que adolescentes procurem por algum procedimento de beleza antes mesmo de completarem 15 anos. Essas atitudes, até poucos anos atrás, eram de exclusividade dos adultos. Elas começam por fazer as unhas toda semana e logo já querem limpar a pele e fazer escova progressiva.

A esteticista Isabel Cristina, da Clinica de Estética Espaço Vitae, conta que tem uma vasta clientela adolescente e que eles pedem por serviços diversos. “Dentre os mais comuns estão os tratamentos de pele para a acne como a limpeza de pele. Também há uma procura grande para a drenagem linfática, que é para eliminar o líquido excessivo. Já na parte de salão de beleza atendemos aos pedidos de manicure, pedicure, escova e selante”.

Isabel também enfatiza que se o paciente tiver determinados problemas de saúde só pode ser feito o procedimento com atestado médico. “Fazemos uma ficha de pré-atendimento para saber sobre a saúde do cliente, dependendo do caso, se tiver algum problema, somente atendemos com o atestado em mãos”.

Quando o assunto for cirurgia plástica é preciso ficar mais atento. A presença dos adolescentes nos consultórios médicos também se tornou mais constante, sendo necessário dar mais atenção às suas motivações, seus problemas e suas consequências.

O cirurgião plástico Marcel Cammarosanorecebe adolescentes em seu consultório em sua maioria a partir dos 15 anos e conta quais as cirurgias mais procuradas pelos adolescentes: “Os pedidos mais frequentes são as cirurgias de rinoplastia (nariz), orelha de abano, lipoaspiração e a correção de ginecomastia (diminuição da glândula mamaria do homem). Já nos casos de pedidos de próteses de silicone, eu faço uma avaliação na paciente, se ela já estiver próxima de completar 18 anos e tiver um corpo bem desenvolvido a cirurgia é aprovada, mas se ela ainda não for totalmente desenvolvida, tiver um corpo ainda de menina, prefiro esperar pelo processo de desenvolvimento do corpo para realizá-la”.

O cirurgião afirma que alguns casos não há razão para operar “certos pacientes não precisam de cirurgia, se decido que não é necessário indico aos pacientes outras opções para ele chegar ao seu ideal, como, por exemplo, atividade física”.

O excesso de preocupação com a aparência deve ser observado pelos pais, pois nenhum exagero é saudável, no entanto, é possível promover a esses jovens alguns procedimentos estéticos saudáveis que farão bem ao bem estar e a autoestima.

A jovem Tainá Telles conta que fez sua primeira cirurgia plástica aos 14 anos e que teve um efeito positivo na sua vida. “Fiz a cirurgia para retirar gordura da barriga e mesmo tendo sido doloroso o pós-operatório, não me arrependi, me sinto muito melhor comigo mesma, muito mais confiante e hoje sou uma pessoa mais sociável, não tenho mais vergonha de ir ao clube ou a praia, por exemplo. Assim posso aproveitar melhor minha juventude”.

Recomendamos para você

Comentários

Assinar
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários
0
Queremos sua opinião! Deixe um comentário.x
()
x