18 de Outubro de 2021

Dólar

Euro

Cultura

Jornal Primeira Página > Notícias > Cultura > Tusp já tem ações programadas para 2013

Tusp já tem ações programadas para 2013

29/12/2012 20h57 - Atualizado há 9 anos Publicado por: Redação
Tusp já tem ações programadas para 2013

Já com ações programadas para o próximo ano, o núcleo de teatro da USP (Tusp), órgão ligado à Pró-Reitoria de Cultura e Extensão Universitária, comemora os resultados do ano de 2012. De acordo com Cláudia Alves Fabiano, orientadora de Arte Dramática, 2012 foi extremamente frutífero para o Teatro da USP na cidade de São Carlos. O mesmo acontece nas demais cidades atendidas pelo Tusp: São Paulo, Bauru, Ribeirão Preto e Piracicaba.

“Muitas ações fizeram parte da programação do Tusp, como o Programa Tusp de Leituras Públicas, o III A(p)arte da Vez, os núcleos de Experiência e Apreciação Teatral, o VIII Circuito Tusp de Teatro na 24ª Tenda Móvel de Teatro, a Mostra Ocupa PB – uma realização do grupo Preto no Branco que contou com o apoio do Teatro da USP e o Sarau do Fim do Mundo”, fala a orientadora.

Em 2013, o Tusp tem muitas ações já programadas, da manutenção dos programas contínuos, como o de Leituras Públicas com o tema: Realidades Incendiárias até o Circuito Tusp de Teatro, que ocorrerá entre abril e junho de 2013.

Em julho de 2012 o Tusp de São Paulo fará a sua primeira Bienal de Arte na cidade de São Paulo, com diversos grupos de teatro do mundo inteiro, do circuito universitário e independente.

“Atualmente temos uma equipe de orientadores de arte dramática de cinco pessoas. Dois orientadores que atendem São Paulo, além de um agente cultural e no interior quatro orientadores. No interior possuímos um profissional para cada um dos seguintes campi: Bauru, Piracicaba, Ribeirão Preto e São Carlos”, comenta Cláudia. A orientadora, antes de vir para São Carlos, atendia duas cidades: Ribeirão Preto e São Carlos. “Infelizmente em 2012 perdemos uma das nossas orientadoras num trágico acidente veicular na trajetória do trabalho entre São Paulo e Piracicaba, Laura Lucci, mas o atendimento à cidade continuará a ocorrer já que novo concurso foi aberto e um novo orientador foi contratado”.

Segundo Cláudia, atualmente cada orientador do interior conta com o apoio pontual dos bolsistas do Programa Aprender com Cultura e Extensão da Pró-Reitoria de Cultura e Extensão e assistentes de produção contratadas pontualmente por até três meses. Trata-se de uma equipe pequena para a demanda de trabalho local, mas a expectativa do Tusp é poder ter futuramente espaços próprios e equipes maiores de trabalho.

Em relação aos principais projetos concretizados em São Carlos, Cláudia destaca dois: “Entre todas as ações citadas, acredito que dois dos maiores projetos do Tusp de São Carlos foram ter auxiliado em um maior diálogo entre os grupos de teatro locais e ter ocupado as ruas com intervenções artísticas”, conta. “Grupos que, por bastante tempo, não tinham conhecimento uns dos outros, se encontraram a partir de ações conjuntas com o Tusp, dentro e fora do campus. Iniciar um trabalho de intervenções públicas na cidade tem se mostrado um trabalho muito eficaz, colocando os artistas em contato direto com os cidadãos são-carlenses com o objetivo de dar mostras de que o teatro se propõe a ser uma arte democrática e que não é necessário um espaço especial ou uma roupa específica para se ver e se fazer teatro. Com o III A(p)arte da Vez ocupamos o transporte público, o mercado municipal, as faixas de pedestres e nos comunicamos de forma artística com as pessoas. Acredito que esses, no final, têm sido os nossos maiores projetos”, finaliza a orientadora do Tusp de São Carlos.

Recomendamos para você

Comentários

Assinar
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários
0
Queremos sua opinião! Deixe um comentário.x
()
x