14 de Agosto de 2022

Dólar

Euro

Dani Globo

Jornal Primeira Página > Notícias > Dani Globo > 26ª Bienal do Livro de SP conclui capítulo com público satisfeito e aumento de visitação

26ª Bienal do Livro de SP conclui capítulo com público satisfeito e aumento de visitação

12/07/2022 14h56 - Atualizado há 1 mês Publicado por: Redação
26ª Bienal do Livro de SP conclui capítulo com público satisfeito e aumento de visitação

Clima de festa no dia de fechamento da 26ª Bienal Internacional do Livro de São Paulo. Esta que já está sendo considerada como a “Bienal das Bienais”, se despede do Expo Center Norte neste domingo, 10.  O evento atraiu uma legião de leitores e novos leitores de entusiasmados em embarcar no universo da leitura. A receptividade do público confirma o tema da campanha desta edição – “Todo mundo sai melhor do que entrou” e  reforma que o ato de ler é relevante na vida das pessoas. A feira também teve Portugal como país homenageado e garantiu a presença de autores lusos consagrados, entre eles, Valter Hugo Mãe.

Entusiasmo coletivo – Para a enfermeira Julia Mininel, 22, estar na Bienal foi motivo de festa. Ela, que veio para a feira para um passeio, acabou voltando para casa acompanhada de 10 novos títulos. A escolha da vez foram as obras de Stephen King, que trabalha com o gênero  terror. “Acho que ler terror é excepcional. Enquanto o autor narra, consigo imaginar a cena do meu jeito e isso só acontece quando a gente lê um livro”, conta.

José Marcos Margonar, 62, compareceu ao evento acompanhado da família. “Está sendo maravilhoso. Navegamos no conhecimento com livros incríveis e estandes belíssimos. É impossível não querer comprar, pois os preços estão maravilhosos! Já adquiri oito livros”, relatou.

Rosa Maria tem 17 anos, é estudante e está na Bienal pela primeira vez. “Vim de Arujá para ver um autor que gosto e também quero aproveitar as promoções do último dia”, contou. movimentado e, principalmente, vendo as pessoas comprarem livros”.

Daniela Camargo, 38, turismóloga passou pela Bienal para apresentar as novidades literárias para a sobrinha e comprar livros sobre literatura africana e empoderamento feminino. “Sugiro que na próxima edição haja um cartão fidelidade”.

A advogada Denise Cortona, 58, elogiou a estrutura do espaço. “Achei a organização muito boa, o ambiente é bem limpo e arejado, e os funcionários sempre atenciosos”, pontuou.

O corretor de seguros Daniel Alves Bartolomeu, 43, de Santo André, no ABC Paulista, acompanhou sua filha Laura, 10, para assistir à apresentação “Manual do Mundo” com Iberê Thenório. Laura convenceu o pai a participar desta edição. “Adoro livros sobre romance, ficção científica e tenho muito interesse nisso”, disse a garota.

Maria Aparecida Gasparini, Santos (SP) terapeuta holística, professora e autora do livro “Ative sua luz interior – Ilumine sua autoestima” e poetisa. “A Bienal do Livro é um mundo encantador. Um local onde brota conhecimento e muito importante, em particular para os pequenos leitores, e precisa ser acessível a todas as crianças, que participam do evento muito atentas e apreciando os livros”. Maria Aparecida Gasparini, Santos (SP) terapeuta holística, professora, poetisa e autora do livro “Ative sua luz interior – Ilumine sua autoestima”.

O olhar do expositor ficou por conta da caixa da editora Novo Século, Larissa Palma, 24. A profissional participou da Bienal pela primeira vez.  “Além de ser um evento muito grande, estou gostando de ver nosso estande sempre”.

 

Personagens que marcaram gerações

Além de apresentar tendências do mundo literário, a Bienal não deixou de dar espaço às histórias e personagens que amamos desde sempre.

Zé Carioca – O pássaro com as cores da bandeira do Brasil e ícone internacional brasileiro, criado na pelos estúdios Walt Disney, comemorou seu aniversário de 80 anos nesta edição do evento. Para festejar esta data tão especial, a editora Culturama fez o lançamento do livro “O essencial do Zé Carioca: celebrando os 80 anos de sua estreia”.

Turma da Mônica –  A personagem líder de sua turma e a “dona da rua” mais amada pelas crianças brasileiras continua conquistando o coração de pais e filhos. Com o tema “Navegando pelas Histórias”, o estande da MSP (Maurício de Sousa Produções) foi o Espaço Infantil que trouxe rodas de leitura, eventos literários, bate-papos e contações de histórias direcionados aos jovens visitantes.

Menino Maluquinho – Personagem travesso conhecido por usar um panelão na cabeça, veio com a editora Melhoramentos e teve uma sessão especial dedicada a ele e seu criador Ziraldo. O painel trouxe edições comemorativas de livros clássicos, novidades do catálogo e brindes para leitores e fãs do cartunista.

PRINCIPAIS NÚMEROS DESTA EDIÇÃO DA BIENAL INTERNACIONAL DO LIVRO DE SÃO PAULO

Investimento R$ 38,5 milhões
Área ocupada total 65 mil metros quadrados
Expositores 182 expositores
Espaços culturais 09
Horas de programação 1500
Autores nacionais 300
Autores internacionais 30

Recomendamos para você

Comentários

Assinar
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários
0
Queremos sua opinião! Deixe um comentário.x