Economia

Como combater a crise começando um novo negócio


Atualmente o Brasil tem 12,6 milhões de desempregados, número que corresponde a 11,8% da população. Por conta dessa crise de empregos, muitas pessoas estão procurando formas alternativas de ganhar dinheiro e montar o próprio negócio. Se você está nesta lista, veja algumas dicas para começar o seu empreendimento.
Com o advento da internet, é muito mais simples iniciar um negócio novo. Hoje em dia não é necessário alugar um espaço físico logo no início, o que traz muitos gastos e pode acabar causando prejuízos se não for bem planejado. A primeira dica é iniciar o empreendimento virtualmente, assim você pode angariar clientes, conhecer o seu público e testar o sucesso do negócio antes de decidir investir em um espaço para ele.
Caso deseje trabalhar com vendas, a internet traz ainda mais facilidades. Várias redes sociais funcionam como catalizadoras de vendas, tornando simples o ato de divulgar os produtos sem nenhum investimento muito alto.
Para prestadores de serviço, as redes sociais também podem ajudar. Existem sites especializados em reunir profissionais autônomos que podem ajudar a conseguir os primeiros clientes e dar o incentivo que faltava para entrar de cabeça no novo empreendimento. Mas, não se esqueça de estudar e se aperfeiçoar, pois por conta das facilidades de divulgação, a concorrência cresce.
Faça investimentos certeiros em materiais para começar o negócio. Não tente ter tudo de uma vez, pois pode acabar com seu capital inicial e prejudicar o andamento do empreendimento, mas preze pela qualidade. Se resolver prestar serviços de marido de aluguel, por exemplo, invista em ferramentas multiuso, se for mexer com reformas e construção, invista em uma serra mármore, caso decida vender alimentos, procures os melhores ingredientes.
Aproveite também as facilidades legais de abrir uma empresa: evite prestar os serviços e vender produtos sem formalização. É muito fácil se tornar um Microempreendedor individual (MEI). A legalização reduzirá seus custos e te dará algumas garantias essenciais para prosseguir no negócio próprio.
Além do mais, ao se tornar MEI, você também consegue uma série de condições especiais em bancos. Aproveite a febre de bancos digitais no Brasil e busque as melhores condições. Alguns oferecem plataformas completas de gerenciamento de finanças, o que pode ajudar muito a administrar seus ganhos.
Ter uma máquina de cartão também é essencial, tanto para quem é prestador de serviços, como para quem vende produtos. Portanto, um dos investimentos certos a fazer na fase de consolidação é esse. É possível encontrar ótimos preços e taxas nas máquinas de cartão, devido à alta concorrência entre as empresas que oferecem este produto.
Por último, e não menos importante, lembre-se de deixar o seu serviço marcado. Para isso, é claro, ter qualidade no que faz é importante, mas também é essencial ter um bom nome, uma boa marca e boas peças de divulgação.

comments icon0 comentários
bookmark icon

Write a comment...

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *